site antigo fabio roberto
68 cipm




:: ‘Notícias’

Após ameaça de violência, motoristas de Uber em Ilhéus registram queixa contra Jailson Nascimento

Motoristas do Uber acompanhados dos advogados.

Motoristas do Uber acompanhados dos advogados.

Após ameaça do presidente do Sindicato dos Taxistas de Ilhéus e presidente do Conselho Municipal de Transporte do Município, o ex-vereador Jailson Nascimento, de ameaçar promover violência contra os motorista do aplicativo Uber de Ilhéus, vários motoristas registraram boletim de ocorrência na sede da 7ª Coorpin, na manhã desta sexta-feira, 30, acompanhado do advogado Drº Mesaque Soares. 

No áudio em que o Site Fábio Roberto Notícias teve acesso, Jailson Nascimento mostrou total desequilíbrio e despreparo, ao ameaçar com forte violência, os condutores de aplicativo UBER, por estarem tendo acesso no Porto do Malhado em dias de chegada dos navios transatlântico. Desde quando a Uber chegou em Ilhéus, Jailson vem tentando tirar o serviço da cidade em conluio com os membros do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito. 

Não custa lembrar que Jailson é ex-vereador, ficha suja, é presidente do Sindicato dos Taxistas de Ilhéus, presidente do Conselho Municipal de Transporte, coordenador de campanha do deputado Bebeto Galvão e irmão do coordenador da 13ª CIRETRAN de Ilhéus, e está sendo investigado pela polícia federal por possíveis desvios de recursos públicos do Programa Nacional de Apoio ao Trasporte Escolar (PNATE) nos anos 009/2010 na gestão do ex-prefeito Newton Lima. 

Jailson Nascimento foi enquadrado no Art. 147, do Código Penal: Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave. Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

WhatsApp Image 2018-11-30 at 13.01.02

WhatsApp Image 2018-11-30 at 13.01.02 (1)

WhatsApp Image 2018-11-30 at 13.01.03

WhatsApp Image 2018-11-30 at 13.01.03 (1)

WhatsApp Image 2018-11-30 at 13.01.05

Aluna da Escola Municipal Pinóquio é atropelada no Malhado

Apesar do susto, criança passa bem.

Apesar do susto, criança passa bem.

Uma criança foi atropelada por volta das 10hs da manhã desta sexta-feira, 30, quando saía de uma festa na Escola Municipal Pinóquio, situada na Rua Severino Vieira, Bairro do Malhado, zona norte de Ilhéus. 

O repórter Luk Rei, que esteve no local do acidente, informou que o SAMU foi acionado e encaminhou a vítima para o hospital Coci, com escoriações leves pelo corpo.

A criança estava acompanhada da mãe, que nada sofreu. As duas estavam retornando para casa, quando aconteceu o acidente. Apesar do susto, a direção da Unidade de Ensino manteve o prosseguimento do evento normalmente. Com informações do repórter Luk Rei. 

Assista:

Ouça: Presidente do Sindicato dos Taxistas de Ilhéus ameaça promover violência contra motoristas de UBER

Jailson ameaça motorista de Uber.

Jailson ameaça motorista de Uber.

O Site Fábio Roberto Notícias teve acesso com exclusividade a três áudios, onde o presidente do Sindicato dos Taxistas de Ilhéus, Jailson Nascimento, ameaçou promover violência, nesta quinta-feira, 29, contra condutores de aplicativo UBER, por estarem com livre acesso no Porto do Malhado em dias de chegada dos navios transatlântico. Em um dos áudios, Jailson fez duras criticas ao Superintendente de Trânsito, Gilson Nascimento, e reclamou das operações dos agentes da SUTRAN.

Em um dos grupo dos taxistas, no aplicativo WhatsApp, Jailson Nascimento esbraveja com o acesso dos motoristas do Uber no Porto, ao ponto de avisar ao prefeito Mário Alexandre que no próximo navio irá partir para violência. 

“Tanta exigência das entidades de representação dos taxistas de Ilhéus para que os associados que desejassem habilitar-se ao receptivo 2018/2019 tivessem seus alvarás em dia sem nenhuma pendência. Tudo isso conosco. Mas acabo de presenciar um veículo do sistema de aplicativo UBER, fazendo seu cadastro para acessar ao Porto de forma natural, assim como detectamos diversos veículos desse aplicativo acessando tal área de segurança nacional, porto.  Espero que as entidades tomem providências e façam por onde da sua existência”.

Ouçam:

 

 

04 anjinhos são flagrados com arma e drogas no Alto da Tapera

Elementos estavam tocando terror.

Elementos estavam tocando terror.

Policiais militares pertencentes ao grupo Delta e a guarnição do Malhado, ambos da 68ª CIPM, receberam informações de indivíduos armados efetuando tráfico de drogas no Alto do Tapera. Imediatamente, os PMs se deslocaram até o local a fim de apurar a situação. 

Na diligência, 4 indivíduos foram flagrados identificado como sendo M.W.S.P, portando na cintura um revólver calibre 38, municiado, William Oliveira Santos, portando uma sacola com 68 buchas de maconha e os menores A.M.M.A e I.S.A.

Todos conhecidos pela polícia.

Todos conhecidos pela polícia.

Os meliantes foram encaminhados para delegacia para registro do boletim de ocorrência. O caso será remetido para Vara da Infância e Juventude da Comarca de Ilhéus.

Direito de Resposta do presidente da ADEFI

Resposta de José Cruz.

Resposta de José Cruz.

José Cruz da Silva, presidente da ADEFI, membro titular do Conselho Municipal dos Transportes de Ilhéus e conselheiro suplente do COEDE-BA, vem a público, por meio da presente nota, prestar esclarecimentos acerca das notícias que estão sendo veiculadas em vários blogs da região, sobre um boletim de ocorrência registrado na 7ª COORPIN de Ilhéus, o qual lhe imputa, falsamente, diga-se de passagem, o crime de estelionato.

De início, cumpre salientar que a única renda que José Cruz da Silva aufere é um salário mínimo proveniente de seu Beneficio de Prestação Continuada em razão de sua condição de deficiente físico. O atual presidente da ADEFI sempre foi um cidadão preocupado com o direito das minorias, sobretudo dos portadores de necessidades especiais e dos idosos. Desde o ano de 2002, exerce atividade não remunerada ligada a associações de portadores de necessidades especiais, sem que nesses mais de 16 anos houvesse contra si qualquer acusação, por mais infundada que fosse.

É sabido que José é um homem íntegro e de reputação ilibada que se encontra consternado com a repercussão do registro desse boletim de ocorrência por uma pessoa pela qual tinha uma enorme consideração e tentou ajudar de todas as formas, a senhora Maria Sonia Marques dos Santos, que, registre-se, nem ao menos é associada da ADEFI, limitando-se a frequentar algumas reuniões da referida entidade.

Mesmo diante desse fato, ao ser procurado pela Maria Sonia, o presidente da associação tentou de todas as formas ajudá-la em sua solicitação para obter passe livre estadual. Dessa forma, foram passadas as orientações acerca dos documentos necessários para dar entrada no requerimento. Porém, no momento da impressão dos documentos necessários, ao perceber que não havia tinta na impressora, Maria Sonia, de forma voluntária, pagou a recarga dos cartuchos, no valor de R$ 10,00, no interesse de viabilizar de forma mais rápida o seu requerimento.

Insta ressaltar que a ADEFI não tem fins lucrativos e não tem nenhuma renda além da simbólica contribuição dos seus associados no valor de R$ 10,00 mensais, devidamente controlada pelo Tesoureiro.

Após o encaminhamento do pedido da senhora Maria Sonia, o Sr. José Cruz começou a ser importunado em sua residência, pois ela, constantemente, aparecia e lhe cobrava uma posição sobre seu pedido, culpando-o pela demora.

Em uma dessas aparições, a senhora Maria Sonia solicitou que José Cruz ligasse para o setor responsável pelo processamento do pedido em Salvador e se disponibilizou a inserir uma recarga no celular do presidente, viabilizando a ligação. A ligação foi feita imediatamente, tendo sido obtida a resposta de que o pedido estava sendo processado e que, provavelmente, o Setor responsável daria uma posição no prazo de oito dias.

Decorridos oito dias, Maria Sonia novamente aparece na residência de Jose Cruz e solicita que ele efetue nova ligação com o intuito de obter informações sobre o pedido, dispondo-se, a inserir créditos para que houvesse o contato com o setor responsável em Salvador, quando obteve resposta negativa, pois a doença da qual Maria Sonia é portadora não lhe permite ter acesso ao passe livre.

Em seguida, Maria Sonia imputou a culpa da negativa de seu pedido de passe livre a José Cruz, inclusive, caluniando-o e injuriando-o, em sua presença e na de terceiros. Saliente-se que os fatos ocorreram há aproximadamente um ano e só agora, como dito, o presidente foi acusado, o que configura claramente o desejo de vingança pela noticiante, por não ter tido o que desejava, qual seja, o passe livre estadual.

Ao tomar ciência das acusações injustas e falsas, José Cruz entrou em contato com seus Advogados, os quais ajuizaram ação indenizatória por dano moral e à imagem do Presidente da ADEFI (Autos do Processo nº 0010378-55.2018.8.05.0103 – distribuído para a 2ª Vara do Sistema dos Juizados de ILHÉUS) em face da senhora Maria Sonia Marques dos Santos, a qual responderá, nos termos da lei.

Impende ressalvar que o Sr. José Cruz realiza esse trabalho gratuitamente há cerca de 16 anos, sem jamais ter exigido qualquer vantagem indevida de cidadão algum, fato esse que restará claro durante o inquérito policial.

Por fim, cumpre registrar que todas as pessoas físicas e jurídicas que tenham causado dano à moral ou à imagem de José Cruz também serão devidamente processadas, conforme assegurabo ordenamento jurídico a todos aqueles que tenham a sua honra e dignidade violadas.
José Cruz da Silva

Operação da 68ª CIPM prende trio com arma e drogas no Malhado

Suspeitos apresentados na DP.

Suspeitos apresentados na DP.

Por volta das 06h30 desta quarta-feira, 28, a guarnição Delta do PETO 68, com apoio do serviço de inteligência da 68ª CIPM e da guarnição do Malhado, recebeu informações sobre o comércio de drogas, na Avenida Ubaitaba, por um indivíduo conhecido por Pedro. Diante da informação, a PM se deslocou até o endereço citado e, com autorização da mãe do indivíduo, os PMs entraram na residência para averiguar a situação.

Foi feita a busca no local e foi encontrado uma balança de precisão e 88 buchas de maconha, pesando cerca de 134 gramas. Quando indagado sobre mais objetos ilícitos, Pedro indicou um terreno baldio próximo próximo de sua casa, contendo um pé de maconha.

Durante o prosseguimento da diligência, quando deslocava para delegacia, chegou ao conhecimento da PM, que um velho conhecido da polícia, chamado Italo, mais conhecido como Dell Rei, guardava uma arma em sua residência, na Rua dos Cometas, bairro do Malhado, e com autorização do pai e da mãe, a polícia encontrou o indivíduo em companhia de Gabrielle Araújo, em posse de um revólver .32, marca Tauros, com 6 munições e 5 pedaços de maconha, pesando 47 gramas.

Os envolvidos foram conduzidos e apresentados no plantão da 7ª Coorpin, onde foi lavrado o termo de prisão em flagrante, ficando-os à disposição da justiça.

bloggif_5bfebadacafc8

bloggif_5bfebaaacf796

bloggif_5bfebac8ef456

Ilheense Rameses Cáridas é campeão pernambucano de Jiu-Jitsu

Mais um título na galeria.

Mais um título na galeria.

Rameses Cáridas, de 13 anos, Faixa Amarela, categoria Infanto Juvenil (A) peso Leve, e atleta de Jiu-Jitsu da Academia Space, do Sensei Robson Cruz da De La Riva, sagrou-se no último domingo, 25, campeão da 5º Etapa do Campeonato Pernambucano de Jiu-Jitsu na  cidade  de Petrolina-PE.

O evento foi realizado pela Confederação de Jiu-Jitsu do Brasil e Federação Pernambucana de Jiu-Jitsu, e, atualmente, Rameses e líder do ranking Nacional em sua categoria.

Rameses Cáridas,  é estudante do Colégio Estadual Estado do Ceará, e aproveitou a oportunidade para agradecer a Deus por mais título na carreira, além dos familiares, parentes e amigos, pelo apoio, e incentivo em todos os momentos, como também os meios  de comunicação, parceiro imprescindível na divulgação das atividades.

Ilhéus: presidente da ADEFI é denunciado por estelionato

Deficiente na mira da justiça.

Deficiente na mira da justiça.

José da Cruz da Silva, vulgo “zé sem pernas”, presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Ilhéus (ADEFI), foi denunciado nesta segunda feira (26), na delegacia de polícia de furtos e roubos, pela prática de estelionato pela senhora Maria Sônia Marques dos Santos, 57 anos, que reside na Morada do Porto, Banco da Vitória. A mesma registrou queixa sob o BO nº 18-006897, que tem a frente a Bela Rita de Cássia Ribeiro de Oliveira.

A vítima, relatou no plantão, que o “zé sem pernas” lhe tomou dinheiro para confeccionar um passe livre intermunicipal, já que o mesmo é membro do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COEDE), e tem uma certa “primazia” de adquirir esse benefício naquele colegiado.

Dona Maria Sônia disse ainda, que ficou sem fazer os exames que faria na capital, de uma trombose, devido o dinheiro pago ao senhor José Cruz, que garantiu que ela iria de “graça” com o passe livre. “Isso já tem quase um ano e nada desse passe. Toda vez que eu cobro dele, ele me fala que demora mesmo. Eu coloquei vários créditos no celular dele e recarreguei cartuchos de sua impressora”, relatou dona Sônia como é conhecida no condomínio Morada do Porto.

O senhor José Cruz da Silva, além de presidente da ADEFI, membro suplente do COEDE, é também membro titular do Conselho Municipal dos Transportes de Ilhéus. 

Clique aqui e confira o registro de ocorrência feito na 7ª Coorpin. 

Imagens fortes: polícia encontra corpo em cova rasa no Banco da Vitória

Homem foi morto por rivais.

Homem foi morto por rivais.

A Polícia Militar, através da 70ª CIPM, encontrou o corpo de Whashington Almeida Santos, de 19 anos de idade, por volta das 09h30 desta terça-feira (27), na localidade conhecida como Mata da Esperança, no Iraque, Banco da Vitória, em Ilhéus.

O homem, que estava desaparecido há 20 dias, foi encontrado enterrado em cova casa, com perfuração nas costas e cabeça, com características de arma de fogo. 

A polícia já tem os nomes dos prováveis autores do crime, Igor, Luan e coroa pelanca, que estão foragidos. 

O Departamento de polícia técnica de Ilhéus e polícia civil realizaram o levantamento cadavérico e, em seguida, o corpo foi removido para o DPT à espera da identificação dos familiares.

bloggif_5bfd6f8353dc2

bloggif_5bfd6fc3a0841

Ilhéus perdeu 1.010 postos de trabalho em outubro

Desemprego em alta em Ilhéus.

Desemprego em alta em Ilhéus.

De acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), Ilhéus perdeu 1.010 postos de trabalho no mês de outubro. O setor agrícola foi o mais afetado com as demissões.

Por outro lado, o município gerou 144 novas vagas. O melhor setor foi o de Serviços, com 128 admissões, construção civil 41 vagas, e indústria 14 novos empregos. Já o comércio, foi o pior setor, eliminando 23 vagas.

A Agropecuária fechou 14 postos de trabalho, a extração mineral e os serviços públicos um cada. Já na administração pública, 356 pessoas foram mandadas embora. 

Ilhéus: homem sofre grave acidente após prefeitura despejar cascalho em estrada

O jovem recebeu forte pancada na cabeça.

O jovem recebeu forte pancada na cabeça.

O jovem, Sidnei Galo dos Santos, de 23 anos de idade, sofreu um grave acidente de moto, por volta das 22h40 deste sábado, 24. De acordo com Jocenildo Ferreira dos Santos, pai da vítima, o acidente ocorreu no trecho da estrada rural do distrito de Sambaituba, zona norte de Ilhéus, onde a prefeitura espalhou cascalho para consertar a via, porém deixou o serviço pela metade, ocasionando o acidente. 

Com o impacto, Sidnei quebrou o braço, fraturou a bacia e sofreu escoriações em varias partes do corpo. 

Perdendo muito sangue e agonizando, o homem foi socorrido em um ônibus até o bairro Jardim Savóia, de onde foi encaminhado em uma ambulância do SAMU, para a emergência do hospital Regional Costa do Cacau. 

IMG-20181125-WA0223

IMG-20181125-WA0198

IMG-20181125-WA0229

IMG-20181125-WA0199

IMG-20181125-WA0219

Defesa de Luiz Argolo cita caso de André Vargas para tentar liberdade

Luiz Argôlo tenta liberdade.

Luiz Argôlo tenta liberdade.

A defesa do ex-deputado Luiz Argolo, preso na Operação Lava Jato, quer usar o caso do ex-parlamentar André Vargas, também alvo da força-tarefa e solto no mês passado, como trunfo para resolver o impasse em torno do parcelamento da dívida dele e tentar a liberdade do político. Enquanto Argolo quer a divisão do débito de R$ 1,9 milhão em 152 vezes, a Justiça tem seguido o entendimento do Ministério Público Federal (MPF) de que o ex-deputado pode quitar a obrigação à vista.

No novo pedido, feito no último dia 13, a defesa dele cita a soltura de Vargas após parcelar a dívida de R$ 1,1 milhão em 72 vezes. “Há claramente uma situação de absurdez, na medida em que há um tratamento desigual entre partes iguais”, argumenta. A petição ainda não foi julgada pela Justiça Federal. 

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  




web