site antigo fabio roberto
68 cipm




:: ‘Emprego’

Procura por emprego resulta fila quilométrica no SAC de Ilhéus

Fila imensa chama atenção das pessoas.

Fila imensa chama atenção das pessoas.

A busca por uma oportunidade no mercado de trabalho levou uma multidão a fazer uma fila quilométrica no Unidade do SAC, no centro de Ilheus, na manhã desta segunda-feira (11). Algumas pessoas dormiram na rua para garantirem uma vaga.

A entrega das senhas para atendimento  começou às 7h, mas desde cedo uma multidão se aglomerava esperando pela abertura dos portões.

Desemprego em Ilhéus.

Desemprego em Ilhéus.

A fila impressionava pelo tamanho, saindo da sede do SAC, continuando por toda extensão próximo do departamento de polícia técnica (DPT) e chegando no quarteirão da delegacia de polícia. 

IMG-20190211-WA0014

Servidores municipais ameaçados de demissão protestam no centro de Ilhéus

Servidores mobilizados no centro de Ilhéus.

Servidores mobilizados no centro de Ilhéus.

Os servidores municipais de Ilhéus admitidos antes de outubro de 1988 continuam mobilizados contra a ameaça de demissão por parte do prefeito Mário Alexandre de Sousa, por conta de uma sentença judicial do juiz da Fazenda Pública local. Na manhã de hoje, véspera do ano novo, os servidores estão em manifestação em alguns pontos da cidade e questionam ao prefeito por que ele entrou com recurso no Tribunal de Justiça pedindo a suspensão da sentença e ameaça com demissão antes do posicionamento do TJ. O movimento é integrado por todos os sindicatos representantes dos servidores, SINSEPI, SINDIGUARDAS, APPI/APLB e SINDIACS.

O movimento se concentra hoje em pontos estratégicos de serviços essenciais do município e pede uma posição do prefeito, conforme compromisso assumido no início deste mês, durante encontro com os servidores atingidos injustamente pela sentença, de que esgotaria todos os recursos judiciais cabíveis para evitar as demissões.

O presidente da APPI\APLB, Osman Nogueira, reafirma que os contratos desses servidores, com mais de 32 anos de serviços prestados ao município, são legítimos. “Vamos nos manter mobilizados e hoje estamos pedindo ao prefeito que aguarde o posicionamento do Tribunal diante do recurso impetrado pelo próprio município. Para nós, se a ideia dele é demitir isso não corresponde ao compromisso assumido conosco”, enfatiza Nogueira.

Na última quarta-feira (26), representantes dos diversos sindicatos dos servidores do Município de Ilhéus se reuniram com o prefeito Mário Alexandre e o Procurador Geral, Jefferson Domingues, e ouviram mais uma vez o apoio do Prefeito ao movimento. Na sexta-feira, dia 28, os sindicatos realizaram uma assembleia conjunta, a partir das 10 horas, em frente à sede da Prefeitura, no bairro da Conquista, onde ficam o gabinete do Prefeito e a Procuradoria Jurídica. Na oportunidade, fizeram um ato de protesto e em seguida foram às ruas onde colheram assinaturas em um abaixo assinado por parcela da população no qual solicita ao prefeito que não proceda as demissões e aguarde a decisão do Tribunal de Justiça diante do problema.

Obra da Ponte do Pontal está parada; trabalhadores entram em recesso

Trabalhadores retornam em janeiro.

Trabalhadores retornam em janeiro.

Os trabalhadores da empresa OAS, responsável pela obra da Ponte do Pontal em Ilhéus, encontram-se em recesso de final de ano, conforme aprovado em assembleia realizada pelo Sintepav-BA.

O recesso aprovado pela categoria ocorre de 20 de dezembro de 2018 até 07 de janeiro de 2019, quando as atividades serão retomadas.

O Sintepav-BA compreende a importância dos eventos culturais para a categoria e as confraternizações natalinas são momentos em que os trabalhadores podem socializar junto as suas famílias para retornarem as atividades com as energias recarregadas.

Sintepav-BA garante pagamento dos trabalhadores demitidos da OAS

Trabalhadores recebem indenização.

Trabalhadores receberam indenização.

O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav BA), através de um intenso processo de negociação garantiu que na última sexta-feira (14/11), a empresa OAS efetuasse o pagamento da rescisão trabalhista, 13º e férias proporcionais dos trabalhadores demitidos da obra da segunda Ponte do Pontal em Ilhéus.

Diante do atraso no pagamento das verbas rescisórias, o Sintepav-BA que historicamente tem ampliado e garantido o cumprimento dos direitos da categoria, pressionou a empresa para realização do pagamento e assim possibilitou que os trabalhadores tivessem seus pagamentos assegurados.

Ilhéus perdeu 1.010 postos de trabalho em outubro

Desemprego em alta em Ilhéus.

Desemprego em alta em Ilhéus.

De acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), Ilhéus perdeu 1.010 postos de trabalho no mês de outubro. O setor agrícola foi o mais afetado com as demissões.

Por outro lado, o município gerou 144 novas vagas. O melhor setor foi o de Serviços, com 128 admissões, construção civil 41 vagas, e indústria 14 novos empregos. Já o comércio, foi o pior setor, eliminando 23 vagas.

A Agropecuária fechou 14 postos de trabalho, a extração mineral e os serviços públicos um cada. Já na administração pública, 356 pessoas foram mandadas embora. 

Má administração gera desemprego em Ilhéus

Cenário desolador no centro ilheense.

Cenário desolador no centro ilheense.

Está cada vez mais difícil encontrar um emprego e a multidão de demitidos aumenta todo mês. Só neste ano, entre janeiro e maio, Ilhéus perdeu 267 postos de trabalho com carteira assinada, e a tendência é que piore em decorrência da forte crise de gestão municipal. 

O cenário de desesperança em Ilhéus é preocupante, apenas o setor de extração criou 02 vagas. Dos 267 empregos perdidos, 106 foram em Serviços, 91 no Comércio, 24 na Indústria, 22 na Construção, 21 na Agropecuária, 5 nos Serviços Públicos. Em 02 meses, 03 lojas encerraram as atividades em Ilhéus, isso é o reflexo da falta de apoio do executivo e a inoperância das entidades ligadas ao comércio.  

Guardas aprovados em concurso foram em cima de Cacá na Câmara de Ilhéus

dsc_0116

Ontem, 26, durante mesa redonda com os candidatos a prefeito de Ilhéus promovida pelas centrais sindicais do município, na Câmara de Vereadores, um grupo de guardas realizou protesto exigindo a convocação, o que até o momento não aconteceu.

Vestidos de preto com os dizeres: convocação já, eles foram aprovados no concurso público desse ano com a garantia da imediata convocação, porém o governo Jabes/Cacá mais uma vez, age com irresponsabilidade com o funcionalismo público.

O movimento dos guardas municipais foi acompanhado pelo candidato de Jabes, Cacá colchões (PP), que preferiu não comentar sobre o assunto a pedido, segundo informações, do próprio prefeito, que não tem interesse na convocação dos profissionais. Existe há suspeita que o município está terceirizando o serviço em detrimento a acordos com empresas supostamente ligadas ao governo.

Atenção! Grande novidade em Ilhéus

whatsapp-image-2016-09-06-at-19-03-43

Conheça as novidades desse evento.

Alunos da Apae de Ilhéus querem ser inseridos no mercado de trabalho

DSC_0032

Alunos da Apae querem inserção no mercado de trabalho.

O Grupo Operativo (GO) da Apae de Ilhéus, que desenvolve atividades com mais de 80 alunos portadores de deficiência, identifica que aproximadamente 40 deles possuem condições para serem inseridos  no mercado de trabalho. Atividades de socialização e preparo para a inserção no mercado de trabalho, são realizadas todas às terças e quintas-feiras de cada semana na Escola Flor do Cacau da Apae de Ilhéus por meio do trabalho do Grupo Operativo.

Com a Direção Pedagógica de Vitória Penalva e Coordenação de Kalinca Félix, o GO lida com o direito que as pessoas com deficiência têm de serem inseridas no mercado de trabalho, conforme dispõe a Lei 8.213 de contratação de deficientes nas empresas, que obriga empresas com 100 ou mais funcionários a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com pessoas portadoras de deficiência. De acordo com a Coordenadora Pedagógica do GO, Kalinca Félix, “o Grupo Operativo representa a busca pela autonomia, isto é, alunos inclusos socialmente. Para isso, trabalhamos o aluno com atividades práticas, da vida diária dele, ao possibilitar que ele possa ser cada vez mais independente e autônomo, no exercício pleno de sua cidadania. Trabalhamos as relações sociais, o ‘eu’ e o ‘outro’, o que é muito importante, fazendo com que ele se realize tanto na Apae, quanto na sociedade”.

:: LEIA MAIS »

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  




web