site antigo fabio roberto
68 cipm




:: ‘Denuncia’

Imprensa ilheense é colocada em 2º plano pela diretoria do Colo-Colo

Parceria com o Tigre depende da eleição.

Parceria com o Tigre depende da eleição.

Mais uma vez, a imprensa ilheense foi colocada em segundo plano. A diretoria do Colo-Colo encabeçada pelo presidente Márcio do IBGE, se reuniu com o deputado Manassés, para definir os rumos de uma possível parceria para temporada de 2019.

Estranhamente, para fugir das indagações da imprensa, a diretoria do Tigre se reuniu com Manassés às escondidas em uma sala situada na Av. 2 de julho, centro de Ilhéus, o que gerou um mal estar entre os dirigentes do Tigre e a imprensa, que em nenhum momento, foi informada oficialmente sobre a reunião.

Fica aqui, o registro de repúdio contra o presidente Márcio e toda sua diretoria, pela atitude antidemocrática e desrespeitosa, com toda imprensa de Ilhéus, que sempre primou por divulgar as ações do Clube com presteza e compromisso, sem obter qualquer tipo de vantagem financeira.

Em Eunápolis, Zé Ronaldo denuncia abandono da UPA

Zé Ronaldo é aclamado em Eunápolis.

Zé Ronaldo é aclamado em Eunápolis.

“Dói no meu coração ver a população sem assistência médica e um prédio, construído com R$ 1 milhão, fechado. O povo baiano não merece isso”. Essa foi a reação do candidato ao governo pela coligação Coragem para Mudar a Bahia, Zé Ronaldo, ao ouvir relatos de diversos moradores de Eunápolis sobre a situação da saúde no município, que teve uma UPA recuperada e logo depois abandonada pelo governo do PT. Ele se comprometeu a colocar a unidade em funcionamento assim que assumir o governo do estado, em janeiro, e disse que fará uma apuração profunda sobre a irresponsabilidade do atual governador.

Zé Ronaldo, acompanhado pelo prefeito de Salvador ACM Neto e o vice-prefeito, Bruno Reis, da candidata a vice, Mônica Bahia, além dos candidatos ao senado Jutahy Junior e Irmão Lázaro, participou de carreata na cidade, localizada no extremo-sul baiano e foi abordado por dezenas de moradores sobre as dificuldades para a população conseguir assistência médica. A situação do Hospital Regional, é drástica, faltam leitos, remédios e médicos qualificados. Mais de 1 milhão investido na UPA 24h que nunca foi aberta e está abandonada. “A unidade encontra-se com muito mato e paredes rachadas; os equipamentos estão se estragando pelo tempo, a exemplo de um gerador de alta potência, móveis e equipamentos médicos; agora, precisa de mais 400 mil para reforma. Não podemos aceitar esse abandono”.

“A saúde aqui em Eunápolis está de mal a pior. Todo dia tem gente precisando da regulação e o nosso hospital regional não funciona. A quantidade de leitos é insuficiente. Quando o paciente consegue se internar, falta remédio e médico. O estado precisa rever essa situação. Não podemos continuar sem assistência médica”, reclamou a dentista, Manoela Ferreira, 34 anos.

O professor Pedro Lucas, 44, relatou um fato ocorrido com sua família: “É uma vergonha! Minha mãe precisou há uns seis meses fazer um exame e tive que fazer uma vaquinha com meus irmãos. Ninguém consegue fazer exames pelo SUS. Quem pode, paga e detecta o que tem. Quem não pode, fica penando”. O Hospital Regional é o único da cidade que atende casos graves e está superlotado, pacientes esperam, às vezes, um dia inteiro para serem atendidos. Além disso, a população não consegue marcar nenhum exame pelo SUS, pois os contratos com os laboratórios não foram renovados.

Zé Ronaldo ouviu atentamente os moradores e garantiu que vai dar um basta à situação de abandono. “Gastaram tanto para construir a UPA e a deixaram abandonada. Nunca foi aberta. Poderia estar funcionando e desafogar o Hospital Regional, que está superlotado. O governo do PT deixou os serviços essenciais de lado”. Mais de 300 veículos acompanharam a carreata por mais de 15 km pelas ruas de Eunápolis. Presentes, a candidata a deputada estadual Cordélia; os deputados federais Elmar Nascimento e Uldurico Junior e o ex-prefeito Paulo Dapé.

Sócios do Satélite descobrem dívida em nome do clube

Clube atravessa umas das piores crises.

Clube atravessa umas das piores crises.

Na última sexta-feira, 14, aconteceu a audiência de conciliação entre o presidente do Satélite Esporte Clube de Remo, Davi Dantas e  o  ex-vereador,  Dero Farias.  O presidente do clube rejeitou a conciliação por entender que os fatos alegados não ferem a honra objetiva do ex-vereador. 

Na oportunidade, os sócios do clube descobriram uma dívida no valor, atualizado, de R$ 10.100,19. No processo de número  0010342-28.2009.8.05.0103, a Prefeitura Municipal de Ilhéus  reivindica o pagamento do montante .  O valor é referente à taxa de localização de funcionamento (TLF), devida quando há renovação da licença de funcionamento do estabelecimento comercial. 

Esse débito foi gerado após a adjudicação da propriedade em favor dos pais de Dero.  O ex-vereador utiliza o espaço do clube desde 2006 para a realização de eventos sem pagar a taxa. Os sócios do clube enfrentarão agora mais uma batalha, já que o débito foi gerado em nome do Satélite.

Processo contra o Satélite

Valor atualizado do débito

Ouça: bebê nasce morto e mãe acusa Maternidade Santa Helena de negligência

Mulher prometeu levar o caso ao ministério público.

Mulher prometeu levar o caso ao ministério público.

Joice de Jesus Santos, 30 anos, moradora do Condomínio Sol e Mar, acusa a Maternidade Santa Helena, em Ilhéus, de negligência médica por seu filho ter nascido morto na madrugada da última sexta-feira (14). A espera ansiosa de conhecer o rostinho do filho se transformou em momentos de tristeza e angústia para Joice de Jesus, que estava grávida de 9 meses. A mãe conta 

A mulher disse que chegou na maternidade Santa Helena por volta das 21h30 no dia 13 de setembro sentindo fortes dores, mas depois de longa espera, os enfermeiros avaliaram os batimentos cardíacos e, logo em seguida, acomodaram no setor de pré-parto. Joice afirma que devido as fortes contrações solicitou da equipe médica que o parto fosse cesário, mas o pedido foi negado. Com gritos de socorro, a mulher foi levada para sala de parto, mas infelizmente, o bebê já nasceu morto, por volta das das 02h30 madrugada de sexta-feira, 14.  

A reportagem do site Fábio Roberto Notícias, Joice chegou a lamentar o ocorrido e afirmou que irá levar o caso até as últimas instâncias da justiça para apurar o caso: “Tiraram meu filho de mim. Esperei ansiosa pela sua chegada, mas a negligência não me deixou ter você em meus braços. Você foi um sonho de Deus para mim“, relatou. 

Ouça o drama de Joice Santos, que teve o sonho da chegada do filho interrompido: 

Resultado da operação na Câmara de Ilhéus sairá no final desse mês

Operação movimentou Ilhéus.

Operação movimentou Ilhéus.

O Ministério Público de Ilhéus tem até o final desse mês para apresentar à justiça o resultado da Operação Prelúdio, deflagrada no dia 31 de agosto, que investiga esquema de fraudes licitatórias e contratuais na Câmara Municipal de Ilhéus, no período entre 2015 e 2016, na gestão do ex-presidente e atual vereador Tarcísio Paixão, e do vice, Roque do SESP. 

Expedidos pelo juiz Alex Vinicius Campos Miranda, titular da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Ilhéus, os mandados foram cumpridos nos gabinetes dos vereadores e no setor de almoxarifado, sendo apreendidos documentos relacionados a licitações e processos de pagamento, computadores, celulares, notebook e outros materiais. 

A ação faz parte do desdobramento do Operação Citrus desencadeada em março do ano passado, que de acordo investigação do Ministério Público, um grupo criminoso atuou na prefeitura de Ilhéus e na Câmara de Vereadores entre 2009 até 2016 por meio de esquema de corrupção que movimentou mais de R$ 25 milhões em propina. 

Carta dos moradores do Condomínio Sol e Mar para as empresas Viametro e São Miguel

População reclama da deficiência de ônibus.

População reclama da deficiência de ônibus.

Prezados senhores! Nós, moradores do condomínio Sol e Mar, precisamos de mais horários para o bairro do Iguape, pois no momento só temos um horário que é às 05hs da manhã, sendo que nem todos sai de casa para trabalhar nesse horário. Quem perde o ônibus tem que pegar dois transportes de ida e volta para chegar no trabalho, resultando em prejuízo financeiro muito grande para quem tem família. Não estamos pedindo muito, apenas a garantia da mobilidade para comunidade. Por isso que venho aqui solicitar das autoridades competentes do nosso Município o aumento da frota. lembrem-se dos direitos garantido por lei, precisamos com urgência que a oferta de ônibus seja ampliada, tanto na São Miguel, bem como na Viametro a fim de melhorar o serviço para quem depende do transporte público diariamente.

Comissão de moradores do Residencial Sol e Mar.

Comitê Ilhéus Sustentável debateu metas da Cultura

Comitê cultura de Ios.

Comitê cultura de Ios.

O terceiro encontro temático do Comitê Estratégico Ilhéus Sustentável reuniu representantes do poder público e comunidade para discutir o planejamento do setor de Cultura, quarta-feira (12), no plenário da Câmara Municipal. O encontro faz parte da Campanha do Plano de Metas Participativo da Gestão 2017-2020 do Município.

A ação da Prefeitura de Ilhéus é parte do compromisso assumido pelo prefeito Mário Alexandre, na esfera do Programa Cidades Sustentáveis, e envolve gestores públicos, entidades setoriais e membros dos conselhos municipais. O secretário municipal de Cultura, Pawlo Cidade, apresentou metas e indicadores, e sobre as ações realizadas nos nove meses em que está no comando do setor.

Para o secretário, o diálogo é uma condição indispensável na gestão da cultura. “Precisamos ouvir a sociedade civil, agentes culturais, conselheiros, e trabalhar em harmonia, a fim de construir juntos uma política pública voltada de fato para a valorização do artista local, o fomento, o reconhecimento dos espaços, enfim, de todo o movimento cultural que existe em na cidade”, enfatizou.

Terceirizados do Hospital Costa do Cacau reclamam de salários atrasados

Problema ocorre todos os meses.

Problema ocorre todos os meses.

Um grupo de trabalhadores da empresa Sabore, que presta serviço no hospital Costa do Cacau, entrou em contato com a redação do site Fábio Roberto Notícias para denunciar o atraso no pagamento dos salários.

De acordo com um funcionário, que pediu para não ser identificado temendo perder o emprego, o salário era para ser pago até o dia 5, mas até hoje, a direção da Sabore sequer deu uma satisfação. 

Já um outro trabalhador disse que está pagando do próprio bolso para trabalhar, já que a empresa deixou de fornecer passagens para os funcionários. “A situação é a pior possível, as contas estão chegando e não tenho condições de honrar os compromissos. A gente trabalha o mês todo para receber o que tem de direito, mas a empresa vem agindo com descaso e irresponsabilidade”, reclama um funcionário da Sabore. 

Motoboy de Ilhéus é preso tentando levar drogas para traficante

Indivíduo foi preso com a droga.

Indivíduo foi preso com a droga.

O motoboy Gilmar Santos Gomes, 44 anos, foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira, 11, com certa quantidade de drogas na cidade de Una. A PM flagrou o indivíduo com aproximadamente 2 kg de tabletes de maconha no bagageiro da moto CG 125, placa policial NYL-0876, com licença com Ilhéus-BA.

Droga seria entregue a traficante.

Droga seria entregue a traficante.

Ainda segundo a Polícia, a droga seria entregue ao traficante Danilo Marques dos Santos Lima, um dos lideres do trafico na cidade de Una, mas após denúncia anônima, a empreitada foi frustrada.

Gilmar foi apresentado no plantão da 7ª Coorpin, em Ilhéus, bem como a moto, onde ficou detido na carceragem da delegacia à disposição da justiça. 

Ex-prefeita de Barro Preto é multada por contratação ilegal e sofre representação no MP

Mais um pepino nas costas de Motta.

Mais um pepino nas costas de Motta.

O Tribunal de Contas dos Municípios negou novo pedido de reconsideração interposto pela ex-prefeita de Barro Preto, Jaqueline Motta (PT), em virtude da irregularidade na contratação sem licitação, do Centro de Integração Empresa Escola – CIEE, para intermediação de estagiários para desenvolvimento de atividades na prefeitura municipal. A denúncia foi feita pelo vereador Alain Andrade Rocha (DEM). 

O processo teve como relator o Conselheiro Fernando Vita, que em sua decisão, afirmou que a ex-prefeita violou os “princípios da razoabilidade e economicidade”, quando destinou o valor de R$ 558.746,10 (quinhentos e cinquenta e oito mil, setecentos e quarenta e seis reais e dez centavos), para contratação de estagiários, deixando de aplicar os recursos em ações administrativas voltadas para a melhoria das condições de vida da população.

Votaram com o relator os conselheiros José Alfredo Rocha Dias, Paolo Marconi, Plínio Carneiro Filho, Mário Negromonte e Antônio Carlos da Silva.

Ainda de acordo com o Conselheiro Fernando Vita, Jaqueline Motta foi notificada em duas oportunidades como forma de garantir a ampla defesa, porém se manteve inerte e ignorou a recomendação da TCM-BA. 

A ex-prefeita foi multada em R$ 10.000,00 (dez mil reais) e também sofreu representação no Ministério Público Estadual a fim de se apurar a prática de Improbidade Administrativa previsto no art. 11. 

Clique aqui e confira o relatório do voto. 

Agente de trânsito de Ilhéus explica aumento de salário

Decisão da Proger.

Decisão da Proger.

Esse salário, é referente a 50% a indenização de 04 períodos aquisitivos de férias, durante o governo anterior, pois, oportunamente, requeria o gozo de férias e o pagamento do 1/3 constitucional e, o então Secretário de Administração, atuava os requerimentos em processos administrativos, os quais, *POR PURA PERSEGUIÇÃO*, ficavam “engavetados”, na Procuradoria Trabalhista.

No ano de 2016, *INDIQUEI OS NÚMEROS DOS RESPECTIVOS PROCESSOS ADMINISTRATIVOS* e, requeri ao então Procurador Geral *- que deveria atuar com independência funcional e, portanto, exercer o controle da legalidade -*, que levasse os responsáveis à justiça, por atentado ao princípio da legalidade e impessoalidade, para, de forma sádica, perseguir este servidor.

Os respectivos processos foram encaminhados à PROGER, em dezembro de 2016 e, *LÁ DESAPARECERAM*, conforme indica Certidão expedida pelo então Sub-Procurador Geral, ainda no ano de 2016.

Em 03/03/2017, ingressei com processo administrativo, juntando documentos e solicitando a indenização dos respectivos períodos de férias.

O processo ficou 07 meses e 10 dias, sendo “jogado” da Secretaria de Administração para o RH, até ser enviado à Procuradoria do Município (PROGER).

No curso da instrução do processo, uma Procuradora de carreira *(concursada que não precisa emitir parecer conforme a conveniência do gestor)*, após ter solicitado diligências junto ao Departamento de Recursos Humanos do Município, emitiu parecer *- devidamente referendado pelo Procurador Geral -* pela indenização dos 04 (quatro) períodos de férias, o quê implica dizer que, o MUNICÍPIO deveria me pagar, *A TÍTULO DE INDENIZAÇÃO* 04 (salários) + 1/3 (um terço) constitucional, *EM DOBRO*, ou seja, *08 (oito) x (salário + 1/3 constitucional)*.

Desde janeiro de 2018 o processo, com parecer, chegou às mãos do Secretário de Administração, que é autoridade autoridade administrativa, com outorga do Prefeito, via decreto, para decidir questões relacionadas aos servidores que, após adiar o quanto pode, emitiu um despacho, pela indenização de 02 períodos de férias e o pagamento de 02 1/3 constitucionais de férias e o respectivo gozo desses 02 períodos, quando se indeniza férias, não se goza as respectivas férias e encaminhou à PROGER para nova análise.

No mês de março/2018, a PROGER, através de sua Procuradora de carreira concursada de forma técnica, honesta e responsável, ratificou com o novo parecer, o parecer anterior, orientando a indenizar os 04 períodos de férias.

Seguraram o processo, enquanto puderam, e, após, ter notificado o Prefeito, alertando-o que, no prazo improrrogável de 48 horas, caso não instaurasse inquérito administrativo, visando a responsabilização dos seus subordinados, os quais, se negavam a me disponibilizar a cópia do processo administrativo e a exarar parecer conclusivo, pois, se não fizesse iria buscar a responsabilização judicial de todos os agentes públicos, inclusive o próprio Prefeito e, então, a Secretaria de Administração decidiu por seguir o parecer técnico-jurídico da PROGER e autorizou o pagamento da indenização dos 04 (quatro) períodos de férias, sendo a primeira parcela de 50% e, o restante, dividido em outras 04 parcelas.

Quando acabar de receber todo o valor, irei representar à Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, para que, os agentes públicos do governo anterior, os quais, por mero instinto sádico, de forma dolosa, perseguiram este servidor e, como consequência, causaram tão grave lesão ao erário público, sejam levados à justiça e, independente da sanção criminal, sejam condenados, através de sanção civil , a ressarcir o erário público.

Agente de trânsito de Ilhéus ganha mais do que Mário Alexandre

É muito dinheiro misterioso.

É muito dinheiro misterioso.

Servidores da Prefeitura de Ilhéus chegam a ganhar mais R$ 32 mil mensais, acima dos R$ 20 mil recebidos pelo prefeito Mário Alexandre (PSD). É o caso, por exemplo, do agente de trânsito Fred Santos de Oliveira, mais conhecido como Fredinho. 

De acordo com o Portal da Transparência, da prefeitura de Ilhéus, o agente de trânsito recebia de proventos R$ 7.279,40 e passou a receber a bolada de R$ 32.133,21.

O que chama atenção e que o Portal da Transparência não informa o que levou o servidor público ganhar um dos maiores salários na estrutura da prefeitura de Ilhéus. 

Servidor público com vida de maraja!

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  




web