site antigo fabio roberto
68 cipm




:: ‘Denuncia’

Ilheense faz desafabo contra serviço da Coelba

Resto de material abandonado pela empresa.

Resto de material abandonado pela empresa.

Ontem, dia 17 de julho, a Coelba, sem aviso prévio algum, sem dar a menor chance de nos programarmos, termo que eles parecem desconhecer, suspenderam o fornecimento de energia elétrica em todo o bairro Alta Boa Vista, em Ilhéus, das 9h30 às 17h45, para manutenção no sistema. Até aí, se não fosse a falta de respeito em não nos informar, tudo compreensível. Mas o que não compreendi foi liberarem todos os funcionários para almoço, sendo que quase todas as ruas do bairro foram interditadas por eles, também sem aviso prévio algum, como se eles mesmos determinassem quando, onde e como, sem uma única presença de prepostos da Secretaria Municipal de Trânsito, funcionários públicos pagos com o erário para atender aos interesses legais dos contribuintes, atrasando demasiadamente os serviços, sendo que poderiam dividir as turmas em dois turnos de almoço, não parando os serviços por quase uma hora e meia e causando mais transtornos a todos os moradores do bairro.

Se não bastasse, ainda tivemos que conviver com uma gritaria absurda dos funcionários dessa empresa, gritavam absurdamente entre eles, às vezes assunto pertinente ao trabalho, e tantas outras por brincadeiras sem nexo, que tivemos de digerir. Não parando por aí, por volta das 17:30, me dirigi a um deles, quando e nada fazia, exceto olhar os outros, e perguntei pelo encarregado dos serviços, tendo como resposta: são vários. Bem, se existiam vários, está explicado a incompetência na demora demasiada dos serviços, tinha mais” caciques que índios”. Mas me dirigi à eles para indagar acerca de um lixo que eles esqueceram (usei esse termo para não dizer que eles estavam usando via pública como depósito de lixo), e o mesmo, de maneira meio cínica, disse-me que após tudo iriam retirar, algo que eu já pressentia que não viria a acontecer. Fato. Foram embora e aqui deixaram abandonada pelos poderes públicos, a Rua Maria Amélia Pacheco Soub, (pessoa que não conhecí, mas que deve estar bem triste onde estiver, com essa homenagem), pois a rua, como mostra a foto, está esquecida pelas autoridades. Resta à mim, economizar ao máximo o consumo de energia elétrica, não só pelos preços acharcantes que nos cobram, como também pelo prazer de pagar menos à eles e ver seus lucros absurdos diminuírem. 

Coelba, uma empresa inimiga do consumidor e que não merece nosso respeito.

De um morador indignado da referida Rua. 

Servidores municipais de Ilhéus pedem devolução da taxa assistencial

Contribuição não é mais obrigatória.

Contribuição não é mais obrigatória.

Desde o início do mês de junho, servidores municiais que trabalham na prefeitura de Ilhéus entraram formalmente com requerimento no setor de Recursos Humanos, solicitando em regime de urgência, a restituição da taxa assistencial, cujo desconto, equivalente a um dia de trabalho no ano. 

A Reforma Trabalhista trouxe mudança quanto à não obrigatoriedade do desconto da contribuição sindical, pois de acordo com o art. 579 da CLT,  a partir de 11.11.2017, a contribuição sindical só pode ser descontada no contracheque com à autorização prévia e expressa dos empregados, deixando de ser obrigatório o desconto referente a um dia de trabalho.

Caso o trabalhador verifique no contracheque a cobrança da contribuição assistencial sem ter autorizado, deve entrar em contato com a área de recursos humanos da prefeitura ou da empresa para informar que não autoriza o desconto e pedir o ressarcimento.

Também é recomendável manifestar sua oposição ao sindicato, levando uma carta de próprio punho sobre a não autorização de desconto. Se não tiver sucesso no diálogo, a saída é entrar com uma ação no judiciário trabalhista para reaver os descontos

Bebê Maria Helena é transferida em UTI aérea, após reportagem no Site Fábio Roberto Notícias

Criança ainda na incubadora da Maternidade Santa Helena.

Criança ainda na incubadora da Maternidade Santa Helena.

Na última segunda-feira (15), o Site Fábio Roberto Notícias contou a história da bebê Maria Helena Silva Souza, de apenas 11 dias de vida, que estava à espera de uma transferência, para ser submetida a cirurgia por apresentar graves problemas cardíacos.

Maria Helena estava internada desde 06 de julho de 2019, data em que nasceu, na maternidade Santa Helena, em Ilhéus. Ela estava à espera de transferência já que a instituição de saúde não realiza a operação cardíaca que ela precisa. 

De acordo com a central de regulação, a transferência da bebê foi autorizada para a Maternidade José Maria de Magalhães Netto, situada no bairro Pau Miúdo, em Salvador.

A criança foi levada em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o aeroporto Jorge Amado e, em seguida, foi acomodada na UTI aérea, que decolou por volta das 21h30 desta quarta-feira, 17, chegando na capital baiana às 21h55.

Em contato com a reportagem do Site Fábio Roberto Notícias, Miranda, pai da criança, informou que a sua esposa seguiu viagem no mesmo voo para acompanhar o tratamento da bebê. 

Vídeo: 

Força-tarefa da fiscalização municipal embarga obra irregular em cabana na zona sul de Ilhéus

Construção irregular na zona sul de Ilhéus.

Construção irregular na zona sul de Ilhéus.

Na tarde desta quarta-feira (17) agentes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo, com o apoio da equipe de postura, autuaram e embargaram uma construção irregular na Cabana Recanto de Minas, situada na praia do Sul, rodovia Ilhéus-Olivença Km 04. Essa é a segunda ação em menos de 01 semana, que tem à frente, a atuação do secretário Jerbson Moraes. 

O proprietário da cabana, que não teve o nome revelado, não tinha autorização para a execução da obra que, de acordo as características da engenharia, teria paredes de blocos e com base para laje, em área considerada do perímetro da marinha. 

O proprietário foi notificado sobre a questão mas insistiu na realização da obra. Os fiscais retornaram e identificaram a continuidade dos serviços de engenharia e embargaram a construção. Todo material que seria usado na obra irregular foi apreendido pela equipe da fiscalização. 

Legislação – De acordo com o Código de Uso e ocupação do Solo (Lei 3.746/15), no artigo 45, qualquer obra de construção, reforma ou ampliação de edificações na zona urbana de Ilhéus deverá ser previamente licenciada pela Prefeitura Municipal, e a não observância deste artigo sujeitará a obra e seu proprietário a multas, embargo, demolição, perdimento do material e ressarcimento aos cofres públicos dos valores gastos para a remoção do ilícito. 

WhatsApp Image 2019-07-17 at 16.27.23

WhatsApp Image 2019-07-17 at 16.27.25

WhatsApp Image 2019-07-17 at 19.56.07 (1)

WhatsApp Image 2019-07-17 at 16.27.24 (1)

WhatsApp Image 2019-07-17 at 19.56.07 (3)

WhatsApp Image 2019-07-17 at 19.56.08

Construção irregular na zona sul de Ilhéus.

Construção irregular na zona sul de Ilhéus.

Ilhéus: bebê com má formação no coração precisa ser transferida para Salvador com urgência

Maria Helena precisa ser transferida urgente.

Maria Helena precisa ser transferida urgente.

A bebê Maria Helena Silva Souza, nasceu em 06 de julho de 2019, na maternidade Santa Helena. Desde então, vem lutando para sobreviver e não conhece outro lugar que não seja o ambiente hospitalar.

Logo após vir ao mundo, Maria Helena foi internada em incubadora por apresentar graves problemas cardíacos. A bebê está à espera de transferência urgente para Salvador, já que a Maternidade não realiza a operação cardíaca que ela tanto precisa. 

Segundo o relatório elaborado pela equipe médica, a menina está em estado grave e em ventilação mecânica e requer transferência aérea com suporte avançado. 

A família da bebê é natural da cidade de Canavieiras e já buscou auxílio nos mais diversos setores da saúde inclusive, no Ministério Público de Ilhéus, para tentar uma vaga para a bebê, o que ainda não aconteceu, aumentando a angustia dos pais, por conta da gravidade do quadro de saúde da criança. 

Qualquer ajuda ou auxílio da população ou de algum órgão competente pode entrar em contato no número de telefone. (73) 9 9806-8225 (WhatsApp) – Falar com Miranda, pai da bebê. 

IMG-20190715-WA0235

IMG-20190715-WA0233

IMG-20190715-WA0234

Ilhéus: 13ª CIRETRAN falta até papel para imprimir documentos

Está aguardando o papel vir de Salvador.

Está aguardando o papel vir de Salvador.

Servidores da 13ª CIRETRAN, situado no bairro do Iguape, em Ilhéus, reclamaram na manhã desta segunda-feira (15), em mensagem encaminhada a redação do Site Fábio Roberto Notícias que desde a última sexta-feira, o órgão está sem papel de ofício, além de insumos de limpeza.  

A falta de papel de ofício impede que os serviços essenciais como impressão de laudos e outros documentos sejam feitos no órgão. 

Cada funcionário tem se virado como pode. Alguns trazem de casa, outros recorrem para ajuda do comércio do bairro a fim de evitar transtornos aos cidadãos que precisam dos serviços do famigerado CIRETRAN. 

A CIRETRAN de Ilhéus atualmente é comandada por José Nascimento Rodrigues Filho, conhecido por Sarará, e irmão do ex-vereador Jailson Nascimento, investigado pelo Ministério Público Federal e Polícia Federal. 

Usuária denuncia ônibus parados no ponto final da zona sul de Ilhéus

Na imagem, é possível ver os ônibus parados.

Na imagem, é possível ver os ônibus parados.

Quem depende dos ônibus que passam no bairro Hernani Sá com destino ao centro de Ilhéus, vem se indignando com os constantes atrasos na linhas que atendem a comunidade. Além da longa demora, a população relata que os veículos chegam nos pontos lotados, deixando dezenas de passageiros na incerteza de chegar no horário certo no trabalho, estudo ou compromissos pessoais. 

“Sou moradora do Hernani Sá e acho um absurdo esses ônibus ficarem parados no ponto final por um longo período, sendo que chegam todos juntos nos pontos, forçando o usuário aguardar por mais de 50 minutos no sol ou na chuva para pegar um ônibus”, reclamou. 

A usuária disse ainda que, na última sexta-feira, passou o maior perrengue para aventurar um ônibus. Por meio do aplicativo Cittamobi, criado para saber quanto tempo falta para o coletivo passar, a cidadã constatou que vários ônibus estavam parados no ponto final e, após quase 40 minutos de espera, 4 veículos chegaram de vez no ponto, caracterizando má distribuição para atender a demanda reprimida de toda zona sul de Ilhéus. 

Colo-Colo pode ficar de fora da Copa Estado da Bahia

Gramado foi retirado para colocação de um novo.

Gramado foi retirado para colocação de um novo.

Nem tudo são flores no Colo-Colo Futebol e Regatas. O Clube corre sério risco de não participar da Copa Estado da Bahia, programado para acontecer no mês de outubro e que tem como organizador a Federação Baiana de Futebol. 

Com o estádio Mário Pessoa passando por substituição do gramado, além dos serviços de manutenção na parte elétrica e hidráulica, o Tigre vive um clima de incerteza, acerca do seu futuro no calendário esportivo baiano. 

Pelo ritmo que anda a obra da mudança do gramado por exemplo, é muito provável que os trabalhos se prolonguem no estádio, levando o esporte ilheense ainda mais a extrema decadência.  

Moradores reclamam de água fraca no Outeiro

Foto demonstração.

Foto demonstração.

Os moradores do Outeiro encontraram em contato com a reportagem do Site Fábio Roberto Notícias pedindo socorro. Eles disseram que o serviço de distribuição de água na localidade está deixando a desejar. 

A população afirma que a água está chegando nas torneiras muito fraca, dificultando assim, o uso nas residências e em outras atividades. 

Os moradores pedem a Embasa a regularização urgente do fornecimento de água para o bairro.

Ilhéus: obra de contenção do Alto do Socorro está paralisada; secretário explica os motivos

Trabalho está parado e preocupa moradores.

Trabalho está parado e preocupa moradores.

Moradores do Alto do Socorro, em Ilhéus, enviaram fotos para redação do Site Fábio Roberto Notícias, onde eles estão apreensivos e cobram o retorno das obras o mais rápido possível.

De acordo com os moradores, a obra está paralisada há mais de 4 meses e, durante esse tempo, a empresa tirou todos os trabalhadores sem dá nenhuma explicação. 

As obras seriam para reduzir o risco de deslizamentos no local, sendo que já ocorreram deslizamentos de terra e vários imóveis continuam em situação de risco, de acordo com Defesa Civil do Município. 

A reportagem do Site entrou em contato com o secretário municipal Átila Dócio, que esclareceu que, “devido algumas deformidades no terreno em decorrer da chuva, durante a elaboração do projeto e o início da execução, foi necessário realizar algumas adequações no projeto que está finalizado e já encontra-se na Caixa Econômica Federal aguardando a aprovação do projeto”, explicou.

IMG-20190706-WA0597

IMG-20190706-WA0603

Demitidos do hospital Costa do Cacau tomam calote da GERIR

Situação se arrasta desde janeiro.

Situação se arrasta desde janeiro.

Ex-funcionários do Hospital Regional Costa do Cacau, entraram em contato com a redação do Site Fábio Roberto Notícias, para denunciar a falta de pagamento do salário do mês de janeiro, além da rescisão contratual. 

Cerca de 300 trabalhadores demitidos afirmam que o sindicato da categoria moveu ação judicial e conseguiu desbloquear cerca de R$ 01 milhão de reais para quitar o salário de janeiro, o que ainda não aconteceu, para revolta dos pais de família. 

“Não sabemos mais a quem recorrer. Já ligamos por inúmeras vezes para GERIR, ex-gestora do Hospital cobrando o nosso dinheiro, porém a resposta é sempre a mesma: ainda não há previsão para o pagamento do salário e rescisão. O governo do estado também é conivente com a situação, porque deveria assumir a responsabilidade dos ex-funcionários, pagando o que temos direito em lei”, desabafa um demitido. 

Mesmo afastados, Lukas Paiva, Aldemir Almeida e Tarcísio Paixão continuam recebendo salários na Câmara de Ilhéus

Estão afastadas, mas recebendo todo mês.

Estão afastadas, mas recebendo todo mês.

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Ilhéus, liderada pelo presidente César Porto, do PDT, cumpriu a decisão judicial afastando os vereadores Lukas Paiva (PSB), Aldemir Almeida (PP) e Tarcísio Paixão (PP), investigados na Operação Xavier, do Ministério Público, mas, manteve o salário dos parlamentares, que recebem religiosamente todo dia 20 do mês. 

Em contato com a redação do Site Fábio Roberto Notícias, o presidente César Porto informou que o afastamento dos parlamentares não impede que os edis recebam seus subsídios, até que o processo seja transitado em julgado. 

Ainda de acordo com César, os assessores dos vereadores afastados serão sumariamente exonerados do quadro de servidores, para dá lugar aos assessores dos vereadores que ocuparam as vagas no legislativo, Gilmar Sodré (PP), Augustão (PSB) e Zé Neguinho (PP). 

A Câmara de Ilhéus possui 19 vereadores em atividade, mas, 3 que estão afastados das atividades, totalizando 22 parlamentares, que são pagos com o dinheiro público. 


primark
anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  




web