Robert foi morto por rivais.

Robert foi morto por rivais.

O indivíduo Robert Santos Magno assassinado no feriado de 07 de setembro, na Boca da Barra, zona norte de Ilhéus, contava com passagens na delegacia pelo crime de tráfico de drogas e apontado pelos investigadores da polícia civil como suspeito no envolvimento de homicídio na cidade. 

Os criminosos, além de executar Robert com tiros à queima-roupa, arrastaram o corpo com requintes de perversidade, na tentativa de dificultar a perícia do trabalho de polícia técnica. 

De acordo com informações recebidas pela polícia, cerca de 08 homens a bordo de dois carros chegaram na praia com armas em punho, efetuando diversos disparos de pistola e 38. 

Ninguém foi preso até o momento e as investigações continuam a cargo do delegado Hélder Carvalhal.