Foto reprodução Google.

Foto reprodução Google.

Contratada para execução da obra do novo canal do Malhado, a empresa CTA Empreendimentos Eireli, está sendo acusada pela morosidade dos serviços. A empresa com sede no Caminho das Árvores, bairro nobre de Salvador, foi notificada pela 7ª vez pelas irregularidades contratuais e, mesmo assim, é mantida na continuidade da obra. 

Diante da lentidão e da falta de compromisso da Empresa, a Prefeitura decidiu mais uma vez, notificar a CTA e instaurar Processo Administrativo para Apuração de Responsabilidade. 

A obra faz parte do convênio firmado entre a prefeitura e Embasa, com o investimento de R$1,6 milhão e seiscentos mil reais oriundos dos cofres públicos.