Pablo era muito conhecido em Itabuna.

Pablo era muito conhecido em Itabuna.

Pablo Barreto, 32 anos, coordenador do setor de habilitação do Detran de Itabuna, foi assassinado no início da tarde desta segunda-feira (22) com vários tiros nas imediações da Praça do Jardim do Ó, no Centro de Itabuna. 

A vítima estava pilotando uma motocicleta vermelha, quando foi atingida pelos disparos várias vezes no rosto, vindo a cair morto próximo do meio-fio. 

Pablo era aliado do ex-prefeito e ex-deputado federal Geraldo Simões (PT) e chegou ao cargo pela indicação do Simões. 

As circunstâncias do crime ainda são desconhecidas pela polícia judiciária.

Pablo era graduado em Direito, casado e deixa dois filhos.