Mulheres agredidas procuram a delegacia.

Mulheres agredidas procuram a delegacia.

Três mulheres foram vítimas de violência provocadas por homens em diferentes bairros de Ilhéus. O primeiro caso aconteceu por conta das 21h40 deste sábado (20), na Rua do Livramento, bairro da Tapera, que teve duas mulheres como vítimas, de iniciais R.S.V e R.V.S. 

O agressor identificado por José Orlando Rosa dos Santos, foi conduzido para o plantão da 7ª Coorpin, onde o delegado plantonista lavrou o Auto de Prisão em Flagrante e arbitrou fiança no valor de R$ 1.100,00 reais não pagas pelo indivíduo, que continua detido à disposição da justiça. 

O outro caso aconteceu por volta das 23h40 também do sábado, no Caminho 11, bairro Ilhéus 2, zona sul de Ilhéus, tendo como vítima, a senhora de iniciais A.R.F.S. O valentão foi conduzido no fundo no camburão para delegacia, onde foi lavrado o flagrante e arbitrada a fiança em R$ 1.100,00 não pagas pelo homem, que continua preso na carceragem da delegacia. 

Casos de violência contra a mulher  têm aumentado no período da pandemia, colocando o Município de Ilhéus entre os mais violentos no interior da Bahia.

Outro fato que chama atenção é o horário de atendimento da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher. A mulher vítima de agressão ou de qualquer outro crime, só pode registrar boletim de ocorrência na DEAM, no bairro do Malhado, de segunda a sexta-feira, das 08hs às 12hs e das 14hs às 17h30, após esse período as queixas são registradas no plantão da 7ª COORPIN, principalmente nos sábados, domingos e feriados, quando os casos disparam.