Trabalhadores estão desesperados com a situação.

Trabalhadores estão desesperados com a situação.

O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), responsável pela administração do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, ainda não pagou os salários dos funcionários referente ao mês de janeiro. 

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Site Fábio Roberto Notícias, o atraso salarial afeta os principais setores da Unidade Hospitalar como porteiro, médico, limpeza, enfermeiro, técnico de enfermagem, além do setor administrativo, como também os maqueiros e até da cozinha. 

Quem se arrisca cobrar o salário, ouve da Empresa que não há previsão de pagamento com isso, as contas aumentando, incidindo com juros, multas, culminando na falta de alimentos para subsistência da família. 

A IBDAH é alvo de investigação do Ministério Público Federal e Polícia Federal, na Operação Metástase, por suspeita de ter comprado no valor de R$ 150 mil reais uma decisão judicial nas mãos da desembargadora Lígia Ramos, presa por, supostamente, comercializar sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).