Nova Sede da DPE.

Nova Sede da DPE.

Em atenção a matéria veiculada no FRN sobre reclamações por parte da população, acerca da demora no atendimento telefônico da Defensoria Pública em Ilhéus neste período de pandemia, por meio dos números disponibilizados 3633-4959 e 3633-4957 (Whatsapp). 

A instituição, em todos os municípios (ou comarcas) onde está presente, teve que se cercar de cuidados para proteger a população que busca os serviços defensoriais, assim como proteger sua equipe de defensores, servidores e estagiários. Daí a implantação do serviço remoto.

A Defensoria, inclusive, havia retomado o atendimento presencial, com 30% da sua capacidade, em novembro. Mas em janeiro, devido à segunda onda, que fez aumentar números de contágio, internações e, lamentavelmente, mortes pela Covid-19, teve que voltar ao atendimento remoto.

Para assegurar o atendimento, a Defensoria Pública implantou diversos canais remotos de atendimento como, por exemplo, os telefones 129 e 0800 071 3121, agenda.defensoria.ba.def.br, app Defensoria Bahia (para celulares com sistema Android) e ChatBot no Facebook. Além disso, em todas as unidades do interior foram disponibilizados outros números, locais, e e-mail como outras opções.

Em Ilhéus, sede da 3ª Regional, foram disponibilizados os números  3633-4959 e 3633-4957 (Whatsapp) e o e-mail da Coordenação para recebimento de demandas através da Rede do Município, onde diariamente são recebidas demandas vindas do CREAS, CRAM, Conselho Tutelar, etc. Além das demandas vindas da própria população.

As demandas, contudo, aumentaram muito. Mesmo com todos os canais, as demandas levam um pouco mais de tempo para serem atendidas. Desde o início da implantação dos canais remotos de atendimento a Defensoria Pública em Ilhéus já realizou aproximadamente 2.000 agendamentos, com uma média diária de 30 demandas, em algumas vezes chegando a quase 40. O atendimento pode demorar um pouco, mas a Instituição está fazendo todo o possível para atender a todos.

Vale acrescentar que a Defensoria Pública possui um plano de retomada gradual das atividades presenciais, estando atualmente na fase vermelha por conta do aumento do número de casos, principalmente da alta taxa de ocupação de leitos da Covid-19 UTI adulto no Estado, maior que 70% (setenta por cento). A cidade de Ilhéus, por sua vez, passa por um dos piores momentos da pandemia com a taxa de ocupação de 100% de leitos de UTI.

O defensor público Leonardo Salles, coordenador da 3ª Regional, reconhece que o sistema de atendimento não é perfeito, mas ressalta que foi desenvolvido para tratar com o máximo possível de dignidade a população vulnerável e hipossuficiente de Ilhéus e demais cidades atendidas pela Defensoria. “Sempre buscamos a preservação da vida e saúde dos assistidos, servidores e defensores. Lamentamos imensamente os transtornos, todavia, a Defensoria Pública da Bahia continua firme em sua missão de assistência jurídica da população ilheense, combinada ainda com serviço de assistência social e psicológica dos assistidos”, pontuou o coordenador.

Atenciosamente,

Vanda Amorim

Coordenadora da Assessoria de Comunicação

(71) 9159-5715