Bahia em estado de alerta.

Bahia em estado de alerta.

A Bahia deve começar a sentir os reflexos e consequências do período eleitoral no próximos dias. O secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, afirmou nesta segunda-feira (30), que a pasta já identifica elevação do número de casos e ainda de pessoas internadas em todas as regiões da Bahia, com um agravante: “internadas de forma mais grave do que aconteceu no começo”, alertou o titular da Saúde.

“Estamos com números que remontam ao início da pandemia. Essa elevação era previsível, nós estávamos enxergando uma flexibilização totalmente fora de controle em todo país, com carreatas, festas”, citou Vilas-Boas. 

O secretário em seguida acrescentou que o que chama de “fenômenos pré-eleitorais” podem alavancar os números da pandemia em todo o país. 

“É possível que ao longo das próximas semanas possa começar a ver aumento da taxa de mortalidade”, admitiu.