Enfermeiras

Enfermeiras empreendedoras de sucesso.

As enfermeiras Renata Diniz, Laisa Tavares e Elis Lima, graduadas na Faculdade de Ilhéus, participaram do 1º Encontro de Enfermeiras Empreendedoras, promovido pela instituição, e destacaram a abordagem pedagógica do Empreendorismo durante o curso, como um aspecto que trouxe diferencial às suas respectivas carreiras. O evento aconteceu no dia 19 de novembro, através da Plataforma Teams, com transmissão simultânea pelo YouTube.

Coordenado pelo colegiado do curso de Enfermagem, o encontro teve o objetivo de apresentar e debater exemplos de inovação na atuação das profissionais do cuidado, além de marcar o transcurso do Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino. Segundo Renata Diniz, que hoje reside em João Pessoa, as aulas da disciplina sobre Empreendedorismo foram fundamentais para “perceber que a nossa profissão não está restrita a um hospital ou a uma unidade básica de saúde.”

Mãe de dois filhos por adoção, Renata aprofundou os estudos sobre amamentação e hoje atua na assessoria e eventos do segmento materno-infantil. “No início, paguei para trabalhar. Mas agora, dou cursos sobre amamentação e cuidados para gestantes, promovo eventos multiprofissionais de saúde e formei uma equipe de mentoria para novas consultoras de amamentação”, afirmou.

A enfermeira Laisa Tavares graduou-se na primeira turma do curso de Enfermagem, em 2012, e por três anos trabalhou no Hospital São José e na Maternidade Santa Helena. No entanto, incentivada pela abordagem da cultura empreendedora na Faculdade, decidiu aprofundar sua pesquisa na área de imunização.

A partir daí, Laisa firmou parceria com seu esposo, que é administrador, e fundou a Clínica Imunize, especializada em vacinas, instalada no edifício Premier, em Ilhéus. “Tive que estudar ainda mais para atuar como enfermeira empreendedora. Nossa profissão tem mais de 60 áreas onde podemos atuar. Eu sou super-realizada na minha área. As ideias vão fluindo e quero colocá-las em prática”, disse.

Graduada em 2017, Elis Lima transferiu-se para Goiânia, por questões familiares. Estimulada pelas aulas de empreendedorismo e pela experiência na Feira de Negócios e Oportunidades, realizada anualmente na Faculdade de Ilhéus, optou por atuar profissionalmente na área de terapias integrativas e, agora, se especializa na área de Estética, segmento que tem apresentado franca expansão no mercado de trabalho.

Ao encerrar o evento, o diretor-geral da Faculdade de Ilhéus, professor Almir Milanesi, disse estar alegre e satisfeito pelo fato de a filosofia pedagógica da instituição resultar em melhor preparo profissional aos enfermeiros e aos egressos dos demais cursos de graduação. No dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, Milanesi lembrou que o Brasil possui 24 milhões de mulheres empreendedoras, segundo pesquisa do Sebrae (2019). “De cada 100 CNPJ’s criados no Brasil, 52 são de iniciativa das mulheres, e esse índice vem crescendo a cada dia”, enfatizou o diretor.

Texto e fotos: ASCOM Faculdade de Ilhéus.