Entidade se solidariza com o Pastor.

Entidade se solidariza com Pastor.

A AMEI – Associação dos Ministros Evangélicos de Ilhéus vem a público repudiar veementemente os atos de intolerância e violência proferidos pelo vereador “Paulo Meio Kilo” contra o pastor Lucas Lisboa Costa.

O referido Parlamentar ameaçou o líder religioso de morte em razão de não ter sido eleito para mais um mandato no Legislativo, apontando, portanto, o pastor Lucas Lisboa como “pivô” da sua derrota.

Além da ameaça, crime previsto no Código Penal Brasileiro em seu artigo 147, “Paulo Meio Kilo” também praticou contra o religioso crimes contra a honra tipificados nos artigos 139 e 140 do Código Penal Brasileiro (Difamação e Injúria respectivamente).

Além dos referidos delitos acima mencionados, o Parlamentar proibiu o líder religioso de transitar nas proximidades do seu estabelecimento, atingindo, assim, o direito constitucionalmente garantido de ir e vir do pastor Lucas Lisboa.

A AMEI – Associação dos Ministros Evangélicos de Ilhéus jamais deixará de se pronunciar diante de tais atos e não poupará esforços para combater quaisquer ações de violência e crimes contra seus membros.

Diante de todo exposto, este signatários vem publicamente requerer das autoridades competentes providências para que este tipo de violência não se torne comum na cidade de Ilhéus-BA.

Atenciosamente,

Pr. Gilmar Bomfim
Presidente

Pr. Roberto Cerqueira
Sec. Executivo

Pastores Interdenominais da cidade de Ilhéus.