Moradores ficam vacina.

Moradores ficam vacina.

Iniciou nesta segunda-feira, 23, a campanha de vacinação contra a gripe para idosos e profissionais da saúde. A campanha foi antecipada a pedido do Ministério da Saúde, com a intenção de diferenciar o diagnóstico da influenza, gripe e COVID-19 (coronavírus).

Em Ilhéus, a secretaria municipal de saúde anunciou que a vacinação no Residencial Rio Cachoeira aconteceria nesta quarta e quinta (dias 25 e 26), mas de última hora, a comunidade foi informada através da enfermeira Eliana, que a vacinação foi transferida para o posto de saúde da Morada do Porto, resultando na indignação e revolta da população. 

A campanha de vacinação em Ilhéus vem sendo marcada por uma grande desorganização e notória falta de padronização e orientação nos atendimentos. O Residencial Rio Cachoeira em sua maioria é formado de idosos, deficientes e acamados, e é no minimo uma falta de responsabilidade e de humanidade da coordenação de vacinação do Município, mudar o local de vacinação, sem informar com antecedência aos moradores.

Em tempo que as autoridades em saúde recomendam que a população se mantenha em quarentena ou em isolamento social, querem obrigar que a comunidade deixe suas casas, para arriscar tomar a vacina fora da localidade correndo sério risco de contaminação. 

vacinação

minha-casa (1)