Arma e droga e em poder do suspeito.

Arma e droga e em poder do suspeito.

A polícia civil de Canavieiras com apoio da polícia militar finalizou, na manhã desta terça-feira (14) a 4ª e última fase da Operação Mascate, que teve como objetivo, prender o último autor do latrocínio, ocorrido na cidade de Canavieiras, no sul do estado.

O suspeito estava escondido em uma fazenda de difícil acesso, onde havia invadido e mantinha os proprietários mediante ameaças, sendo que a polícia fez o cerco do imóvel e o indivíduo se recusou a sair, momento em que os policiais entraram na casa e foram recebidos a tiros e, no revide, o meliante foi atingido e socorrido para o hospital, mas não resistiu e veio a óbito.

Com o homem foram encontrados 20 pedras de crack, 1 revólver calibre .32, 3 cartuchos deflagrados, 1 cartucho picotado e 1 cartucho inteiro.

O nome da Operação faz referência ao mascate que residia em Santa Luzia e que desapareceu desde o dia 09 de novembro em Canavieiras, mais precisamente no povoado de Ramal de Barreiras, de onde nunca mais retornou com a sua motocicleta. 

Toda ação contou com 4 policiais civis, 4 policiais militares, 2 lanchas e 2 viaturas, com a prisão de 4 elementos, 1 morte em decorrência de intervenção policial, 

Fonte: Delegado de polícia civil Renato Fernandes Ribeiro.