Ilhéus sendo preparada para alta estação.

Ilhéus sendo preparada para alta estação.

A cidade de Ilhéus oferece aos visitantes passeios no Centro Histórico, tour pelas praias, fazendas de cacau e mirantes panorâmicos. A variedade de recursos naturais, o litoral e a história conferem a Ilhéus uma vocação para a atividade turística, considerada a quinta cidade com maior fluxo na Bahia para o turista internacional. Mesmo com as notícias sobre a chegada do óleo ao litoral baiano, o setor nega impacto e mantém receptivo para o próximo verão.

A Prefeitura Municipal atua para mostrar praias limpas e um clima de normalidade entre seus frequentadores e se movimenta com o slogan “Se chegar, a gente limpa”. Já o Comitê Interinstitucional que articula ações de combate as manchas, diz que a chegada do óleo ao município deve ser encarada como uma fatalidade e que o número de praias atingidas “é irrisório” à frente do litoral baiano.

Este ano, o Governo do Estado, Prefeitura e trade turístico estarão alinhados para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos aos turistas. Durante a alta temporada, a movimentação nas estradas, rodoviária e aeroporto aumentam consideravelmente. De acordo com levantamento, o setor hoteleiro registra 100% de ocupação e leva em conta hotéis e outros meios de hospedagem que somam nove mil leitos disponíveis.

Entre este mês e abril de 2020, estão previstas as chegadas de 21 escalas de transatlânticos e mais de 70 mil visitantes e 14 mil tripulantes, de acordo com projeção da Companhia das Docas do Estado (Codeba). Será possível visitar lojas especializadas em chocolate com cacau de origem. A Associação dos Navios informou que cada turista de cruzeiro gasta um valor acima de R$500 durante visita às cidades.

Para o prefeito Mário Alexandre, a temporada movimenta a economia do município, fortalece o turismo e coloca a cidade de Ilhéus em evidência no cenário mundial. “Impulsionamento da empregabilidade e geração da renda. Fazer valer a fama do povo acolhedor, mantendo a imagem de receber bem os turistas com todo o entusiasmo, para que tenham dias de muita alegria na terra de Jorge Amado, do cacau e do chocolate”, arremata.

“A atividade movimenta toda a cadeia produtiva com alimentação, bebidas, artesanato, táxis, Uber, aluguel de vans, dentre outros. Estamos fiscalizando os serviços que são oferecidos nos hotéis a este público. As agências de receptivo estão atualizando seus roteiros, a fim de oferecer aquilo que o turista procura”, ressalta Fábio Manzi Júnior, titular da Cultura e do Turismo de Ilhéus.