Bombeiros e Sesau definem os detalhes.

Bombeiros e Sesau definem os detalhes.

Durante reunião na tarde de terça-feira (17), o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Geraldo Magela, acompanhado do seu diretor de Planejamento, Alberto Araújo, debateu com os representantes do Corpo de Bombeiros Militar de Ilhéus, sobre o projeto que visa instalação do banco de leite humano no município.

Participaram do encontro o coronel BM Miguel Filho, comandante de Operações de Bombeiros Militar do Interior (COBMI), tenente-coronel BM Ednei Factum, comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) e os cabos BM Caetano e Adriano.

A iniciativa é uma articulação entre o CB Caetano, o Alto Comando da Corporação e a Prefeitura Municipal. Na ocasião foi apresentada a proposta para implantação do projeto ‘Bombeiro, Amigo do Peito’. Por meio do projeto, os bombeiros fornecem kits de coletas para as mães doadoras de leite e o material também é doado para as maternidades parceiras.

O secretário Geraldo Magela destacou a importância da implantação do banco de leite em Ilhéus. “O município avança com a futura chegada da unidade materno-infantil de alta complexidade. Por meio de um banco de leite poderemos promover e garantir o aleitamento materno, e assim diminuir os índices de mortalidade infantil”.

Informou ainda que para além disso, as mães ilheenses que necessitam amamentar seus bebês através do leite doado não necessitarão se deslocar até outras unidades. “A construção de parcerias com órgãos e a sociedade é propositiva no sentindo de melhorar a qualidade de vida dos bebês e das mães de Ilhéus”.

Um pote de leite materno doado pode suprir a necessidade diária de até 10 recém-nascidos internados. De acordo com a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RedeBLH), da Fundação Oswaldo Cruz, no período compreendido entre janeiro e dezembro de 2018, o Brasil possuía aproximadamente 160 mil doadoras de leite, sendo distribuídos no mesmo período 161.771 litros de leite.

Os Bancos de Leite Humano objetivam a promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Além de auxiliar as mulheres-mães no período da amamentação, os profissionais são qualificados para orientar sobre a saúde da criança.