site antigo fabio roberto
68 cipm




:: 13/set/2019 . 23:33

Caminhada em Ilhéus: Todos por Samilla

Seja solidário nessa corrente do bem.

Seja solidário nessa corrente do bem.

Familiares e amigos da pequena Samilla convidam a população para uma passeata pacífica em prol da vida da criança, que precisa ser transferida para UTI pediátrica. O ato está marcado para este sábado, 14, às 10hs, com a concentração na Praça Cairú. 

Você, pai e mãe, está convidado para fazer parte da corrente do bem e caminharmos em defesa da pequena Samilla.

Estádio Mário Pessoa é contemplada com recursos da SUDESB

Mário Pessoa em reforma.

Mário Pessoa em reforma.

O estádio Mário Pessoa está entre as praças esportivas da Bahia que recebeu recursos públicos no período de 2015 e 2019.

Ao todo, a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) empenhou um investimento de R$ 19.244.444,4 na construção, reforma e manutenção de 47 estádios baianos. 

Na lista, há estádios famosos também do interior do estado, a exemplo de Adauto Moraes, em Juazeiro e Valfredão (Riachão do Jacuípe). 

Confira a lista completa:

1 – David Caldeira – Candeias (2018): R$ 2.115.957,73 (Contrato)
2 – Pituaçu – Salvador: R$ 2.101.244,97 (Manutenção vitalícia)
3 – Waldomiro Borges –  Jequié (2017 e 2019): R$ 1.277.318,64 (Contrato)
4 – Antônio Pena – Catu (2018): R$ 851.993,32 (Convênio)
5 – Estádio Municipal de Ibipitanga (2018): R$ 624.876,19 (Convênio)
6 – Carlos Roberto Rodrigues – Ibicuí (2017): R$ 598.377,67 (Convênio)
7 – Deraldão – Mairi (2017): R$ 592.749,62 (Convênio)

8 – Waldetrudes Carneiro de Magalhães – Serrolândia (2017): R$ 592.749,61 (Convênio)
9 – União – Várzea do Poço (2018): R$ 584.580,06 (Convênio)
10 – Barbosão – Cruz das Almas (2018): R$ 548.339,44 (Convênio)
11 – Estádio Municipal de Banzaê (2018): R$ 531.204,69 (Convênio)
12 – Estádio Municipal de Pedrão (2018): R$ 509.850,25 (Convênio)
13 – Antônio Salomão Filho – Cordeiros (2017): R$ 499.885,53 (Convênio)
14 – Estádio Municipal de Olindina (2018): R$ 468.285,92 (Convênio)
15 – João de Souza Correia – Cícero Dantas (2018): R$ 449.392,9 (Convênio)
16 – Adauto Moraes – Juazeiro (2018): R$ 448.698,05 (Contrato)
17 – Raimundo Matos – Itiúba (2018): R$ 428.691,72 (Convênio)
18 – Mário Nascimento Souza – Amélia Rodrigues (2018): R$ 339.338,06 (Convênio)
19 – Estádio Municipal de Dom Macedo Costa (2018): R$ 333.422,67 (Convênio)
20 – 2 de Julho – Guanambi (2015): R$ 306.843,55 (Contrato)
21 – Coronel Aroldo – Luiz Eduardo Magalhães (2018): R$ 304.555,01 (Convênio)
22 – Minhocão – Malhada de Pedras (2017): R$ 301.504,21 (Convênio)
23 – Moisés Oliveira – João Dourado (2018): R$ 280.984,8 (Convênio)
24 – Estádio Municipal de Ibirapuã (2018): R$ 280.348,19 (Convênio)
25 – Estádio Municipal de Novo Horizonte (2017): R$ 280.103,35 (Convênio)
26 – Lourivaldo Ribeiro da Silva – Contendas do Sincorá (2017): R$ 278.999,42 (Convênio)
27 – Estádio Municipal de Cocos (2017): R$ 275.487,29 (Convênio)
28 – O Gaiolão – Paripiranga (2018): R$ 253.714,57 (Convênio)
29 – Estádio Municipal de Gentio do Ouro (2018): R$ 250.314,34 (Convênio)
30 – Estádio Municipal de Belo Campo (2018): R$ 235.918,26 (Convênio)
31 – José Rocha – Jacobina (2015): R$ 205.513,59 (Contrato)
32 – João de Oliveira Figueiredo – Macaúbas (2016): R$ 201.070,57 (Contrato)
33 – 27 de Junho – Camamu (2018): R$ 191.408,52 (Convênio)
34 – Antônio Carlos Magalhães – Jitaúna (2018): R$ 173.174,2 (Convênio)
35 – Parmênio Ferreira – Condeúba (2017): R$ 173.152,21 (Contrato)
36 – Deocleciano Ferraz – Tremedal (2017): R$ 169.384,84 (Contrato)
37 – Estádio Municipal de Igaporã (2016): R$ 166.218,35 (Contrato)
38 – Paulo Souto – Caetité (2016): R$ 161.270,51 (Contrato)
39 – Ângelo Francisco de Oliveira – Capim Grosso (2018): R$ 160.392,42 (Convênio)
40 – Jonival Lucas – Barro Preto (2018): R$ 151300,25 (Convênio)
41 – José Fernando C. Santos – Coração de Maria (2018): R$ 140 mil (Convênio)
42 – Azevedão – Planalto (2018): R$ 100.816,85 (Convênio)
43 – João Isaías Montalvão – Jeremoabo (2017): R$ 94.466,53 (Convênio)
44 – Valfredão – Riachão do Jacuipe (2018): R$ 59.828,21 (Contrato)
45 – Mário Pessoa – Ilhéus (2017): R$ 57.128,21 (Convênio)
46 – O Pereirão – São Gabriel (2018): R$ 50.597,94 (Convênio)
47 – Estádio Municipal de Camacan (2017): R$ 42.991,25 (Contrato)

Promotor Frank Ferrari retorna das férias focado na Operação Xavier

Promotor volta com força total

Promotor volta com força total

Quem pensa que as investigações do Ministério Público de Ilhéus em face da Câmara de Vereadores de Ilhéus encerrou, está completamente enganado.

Após gozo de férias, o competente promotor Frank Monteiro Ferrari, Titular da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, retoma às intensas investigações de combate a corrupção, lavagem de dinheiro, fraudes em licitações e contratos, que tem como alvo permanente, a Câmara ilheense.

A sociedade Ilheense acredita no caráter institucional, democrático e na autonomia do Ministério Público, que embasado das provas materiais e testemunhais no curso das investigações, continuará cumprindo seu papel fiscalizador, diante de um dos maiores escândalos envolvendo políticos e servidores da atual legislatura. 

MPF apura indícios de vendas de decisões judiciais no Tribunal Regional do Trabalho na Bahia

Investigação está na mira do MPF e PF.

Investigação está na mira do MPF e PF.

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal deflagraram na manhã desta quarta-feira, 11, operação para apurar indícios de venda de decisões judiciais por parte de integrantes do Tribunal Regional do Trabalho na Bahia (TRT5). As buscas e apreensões têm como objetivo reunir documentos e outros elementos que possam comprovar suspeitas do recebimento de vantagens financeiras indevidas, indicativos de combinações de decisões judiciais, de ocultação de bens e de associação entre os investigados. As ações, requeridas pelo vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, foram autorizadas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

As investigações do MPF apontaram indícios da atuação de um grupo de juízes do Tribunal Regional do Trabalho que, em conjunto com advogados, estaria negociando acórdãos e decisões no TRT5. Há suspeitas de que os valores pagos a título de honorários aos advogados envolvidos no esquema sejam rateados entre os integrantes da organização criminosa, incluindo os agentes públicos. Os nomes dos alvos das medidas cautelares não serão divulgados, uma vez que as investigações são sigilosas.

Motorista da São Miguel esclarece denúncia

Motorista se defende das acusações.

Motorista se defende das acusações.

O FR Notícias recebeu denúncia de uma usuária essa semana, sobre a conduta de um motorista da empresa São Miguel, quando está em atividade nas ruas de Ilhéus. Diante das declarações da cidadã, o motorista pediu direito de resposta. 

“Fabio, eu estou indignado com isso, ninguém tem que está difamando a imagem de outra pessoa. Tive uma jornada tranquila sem nenhuma anormalidade com ninguém. A direção da empresa teria tomado providência se alguma conduta irregular tivesse acontecido. Sou profissional, tenho responsabilidade e estou consciente do comprimento do meu dever. Sou monitorado por câmeras externa e interna, respeito o estatuto do idoso e jamais faria isso com qualquer um idoso, crianças ou gestante. E lançar o carro sobre buracos isso é impossível não faria isso, a não ser que na estrada tenha buracos, pois não tenho como desviar, mas mantenho a velocidade adequada. Não vou abrir mão de querer reparos (danos morais) pela parte de quem fez a calúnia, tomarei as medidas judiciais contra a pessoa que narrou essa história”. 

Júlio César pede demissão da Rádio Bahiana de Ilhéus

Júlio ficou na 1.310 apenas um mês.

Júlio ficou na 1.310 apenas um mês.

Acabou mais um ciclo do radialista Júlio César Reis dos Santos, mais conhecido como imperador, na Rádio Bahiana de Ilhéus, após 1 mês trabalhando como apresentador e operador de áudio. 

Em comum acordo, Júlio pediu demissão da emissora, após reunião na manhã desta sexta-feira, 13, com o diretor-geral Adilson Neves. 

Perguntado o que levou deixar a rádio, Júlio disse que o motivo principal se deu em decorrência da desincompatibilidade salarial, mas salientou, que o relacionamento com a diretoria da empresa permanece inalterado. 

Ao repórter do FR Notícias, Júlio César informou que irá se dedicar nas locuções de loja, gravações comerciais e em carros de som. “Foi bom enquanto durou na Baiana”, justificou, o peso pesado do rádio. 

Enfermeiras do Hospital Costa do Cacau denunciam perseguição e são demitidas

Terror psicológico no HRCC.

Terror psicológico no HRCC.

Venho por meio deste comunicar mais uma atitude truculenta, arbitrária e desumana da senhora Rita Maia. Duas enfermeiras do Hospital Regional Costa do Cacau foram simplesmente demitidas porque não aceitarem aderir abaixo-assinado em favor da manutenção da enfermeira Rita Maia do cargo. Conhecida como uma pessoa arrogante, Rita não mede o espaço e lugar para maltratar os enfermeiros na frente dos pacientes e acompanhantes. Fomos demitidas sem nenhuma explicação da diretoria do hospital. Fica aqui a nossa indignação e questionamentos. Porque uma empresa tão renomada como a IBDAH pode dá ouvidos a uma pessoa que recebeu tantas denúncias de desrespeitos com os funcionários e gritando nos corredores do hospital?Porque a Empresa não chamou os funcionários maltratados por Rita Maia para ver realmente o que aconteceu? A conduta perversa e perseguidora faz parte do mal profissionalismo dela. Mais a justiça de Deus tarda mais não falha.

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  




web