Homenagem justa a quem contribuiu pelo esporte.

Homenagem justa pela contribuição no esporte.

Nos próximos dias a cidade de Ilhéus terá uma nova escolinha de futebol. O nome já foi definido pelos organizadores do projeto, Magela Rossi, Carlos Goiabão, Zé Miúdo e Dadá. Trata-se da Escolinha Nova Geração, uma homenagem ao professor Chiquinho de Assis. Uma pessoa que era grande amante do trabalho de base e responsável por revelar muitos atletas para vários clubes do país e até para o exterior. 

Chiquinho já atuou em clubes como Catuense, Fluminense de Feira, Leôncio, Botafogo, e o Esporte Clube Bahia. No Rio de janeiro, passou no Olaria, Fluminense, e Flamengo. A maior parte da sua vida como técnico ocorreu nas bases da Catuense e Vitória, onde revelou grandes jogadores como, Huck, David Luiz, Fernandinho, Alecsandro, Anderson Martins, conquistando muitos títulos ao longo de sua carreira. 

Chiquinho de Assis também trabalhou como técnico no Bahia, tanto na base, como no profissional, deixando também a sua marcar no tricolor de aço, no Olaria no Rio de janeiro, no Monte Azul em São Paulo, além de ter trabalhado no futebol americano comandando o Maiame FC, onde tinha jogadores campeões mundiais como Romário e Zinho.

Chiquinho é irmão do treinador Magela Rossi, e será sempre lembrado no universo do esporte, como um grande amante do trabalho de base e considerado um dos melhores treinadores de base que o Brasil já teve.

Matéria do repórter do FR Notícias, Júlio César.