site antigo fabio roberto
68 cipm




Mulher alega que foi maltratada por enfermeiro da COCI

Enfermeiro em destaque.

Enfermeiro em destaque.

Profissional denunciado pela paciente.

Profissional denunciado pela paciente.

Uma ilheense escreveu para redação do Site Fábio Roberto Notícias, nesta terça-feira, 10, alegando que foi maltratada pelo enfermeiro Elson, quando ficou internada na COCI, no bairro do Malhado.

A mulher informou que deu entrada no hospital na última quinta-feira, 05, com pedra na vesícula, necessitando ficar internada, por recomendação médica. 

Inconformada com o tratamento que recebeu, a cidadã procurou o FR Notícias para relatar o drama que viveu na COCI.

“Na madrugada do último domingo, 08,  passei muito mal sentindo fortes dores de coluna. Cerca de 01:00 da manhã conversei com a médica que me acompanha e relatei o que estava sentindo, pois naquele dia não era o seu plantão. Prontamente, a médica pediu que eu fosse até a enfermeira para solicitar o remédio para dores, mas a farmácia já estava fechada, então retornei ao quarto e amanheci o dia sentada em uma cadeira. Por volta das 05h30 da manhã não suportando mais as dores liguei novamente para a médica pedindo pelo o amor de Deus que me ajudasse porque já não estava mais aguentando de tanta dor. Novamente, fui medicada pela enfermeira, mas o incômodo na coluna continuava intensa. Às 7hs da manhã de domingo, a enfermeira comentou com o enfermeiro o meu estado de saúde, e com toda arrogância, o homem disse que, “paciente não escolhe a medicação, somos nós e os médicos que dizem a medicação que o paciente vai tomar”. Logo levantei da cama e fui até o enfermeiro chamado Elson para explicar que foi a médica que pediu para passar a medicação. Elson começou a gritar, ao ponto de dizer para eu voltar para cama que lugar de doente é na cama. Em seguida ele entrou no quarto querendo de qualquer maneira aferir a minha pressão e não permitir. Fui tratada como um lixo humano, humilhada e fiquei com o meu estado psicológico abalado. Diante da conduta do referido enfermeiro que vai de encontro ao código de ética da classe, formulei reclamação junto à direção da COCI cobrando providências, evitando assim, que outros pacientes sejam vítimas do ato truculento do enfermeiro Elson”.

O espaço do Site está aberto caso o enfermeiro citado queira de manifestar.

1 resposta para “Mulher alega que foi maltratada por enfermeiro da COCI”

  • Eduardo Pacheco disse:

    Me compadeço contigo e sua enfermidade, mas a posição do enfermeiro Élson, que diga- se de passagem está corretissima. Pois sua médica de confiança prescreveu de boca, quem assume os riscos de reação medicamentosa?
    Já quem cobre o “enfermeiro” é a prescrição médica devidamente assinada.
    Volto a afirmar: compartilho de sua dor, mas você fora infeliz em vossos .comentários

Deixe seu comentário

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  




web