Suspeitos apresentados na delegacia.

Suspeitos apresentados na delegacia.

Na noite desta segunda-feira, 12, Policiais Civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Ilhéus cumpriram mandados de prisão expedidos pela 1ª Vara Crime da Comarca de Ilhéus em desfavor dos indivíduos conhecidos como Índio e Banguelo, suspeitos de autoria do latrocínio de Edgar João dos Santos Filho, ocorrido na noite do último dia 22 de julho, na ladeira que dá acesso ao Condomínio Morada do Porto, Banco da Vitória. 

O índio foi identificado como Jonas Santos Pereira e Banguelo foi identificado como Wanderson de Oliveira.

Ouvido em Termo de Interrogatório, Wanderson afirmou que, no dia do crime, Jonas solicitou ao mesmo que guardasse uma arma de fogo e garantiu que havia realizado um roubo a um motoboy na região da Morada do Porto e a vítima havia reagido, tendo Jonas atirado contra o motoboy, morrendo na hora. Após o crime teria fugido com a moto e abandonado no Banco da Vitória, e pediu que o Wanderson guardasse a arma que uma terceira pessoa identificada como Cascão iria buscá-la.

Jonas negou a participação no delito. As diligências seguem em andamento para conclusão do caso.