Plenário lotado nesta quarta.

Plenário lotado nesta quarta.

A Câmara Municipal de Ilhéus discutiu em Sessão Plenária, a reavaliação dos critérios de proibição de som ao vivo em bares, restaurantes e estabelecimentos do município. A sessão contou com a presença do Promotor de Justiça Paulo Sampaio, do Secretário de Planejamento Jerbson Moraes, da Superintendente do Meio Ambiente Joelia Sampaio, além da importante participação da classe dos músicos e empresários locais.

De acordo com o vereador Gilmar Sodré, autor do requerimento, os músicos de Ilhéus, donos de som e proprietários de cabanas e bares terão a oportunidade de, junto com os órgãos competentes, chegar a uma solução para a questão. “A minha intenção não é que as pessoas deixem de obedecer a lei ambiental, mas que cheguemos a um consenso e ninguém seja prejudicado”, finalizou o vereador.

O promotor Paulo Sampaio e o secretário Jerbson Moraes, sugeriram a formação de uma comissão com um representante de cada segmento envolvida no assunto, para acompanhar e apresentarem suas demandas e juntos chegarem a uma solução. O presidente César Porto designou o vereador Gilmar Sodré para fazer parte da comissão representando o Poder Legislativo Municipal, agradeceu pela presença de todos os seguimentos presentes e concluiu que sem diálogo entre os setores interessados não há possibilidade de solução justa e equilibrada.