Auditório lotado para as palestras.

Auditório lotado para as palestras.

A população de Barro Preto foi contemplada com Artistas locais e dirigentes de municípios da região participaram da abertura do projeto itinerante do Fórum de Agentes, Empreendedores e Gestores Culturais do Território Litoral Sul (FAEG-Sul). O evento aconteceu na última quinta-feira, (9), em Barro Preto.

O projeto foi recebido com entusiasmo pela população local, que participou ativamente das atividades e oficinas de capacitação, realizado na Escola municipal Leda Aguiar dos Santos.

População de Barro Preto aprovou o evento.

População de Barro Preto aprovou o evento.

A Prefeitura de Barro Preto, que apoiou integralmente o projeto, foi representado pelo secretário de Educação, Arley Soares e a diretora de Cultura Mª Luciene do Nascimento.

A prefeita Ana Paula, disse que a gestão está empenhada no trabalho e resgate da cultura local e o redirecionamento das políticas públicas para apoiar e ampliar o processo criativo da população Barropretense.

Amostras das mais variadas artes.

Amostras das mais variadas artes.

A programação durante todo o dia incluiu reunião aberta à comunidade, oficinas, exibição de vídeos, intervenções artísticas, palestra, amostra cultural, e representantes das instituições apoiadoras do projeto.

O projeto conta com apoio financeiro do Governo do Estado, (Edital Nº 24/Territórios Culturais), por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia e apoio institucional da Prefeitura Municipal de Barro Preto, Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC) e Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (PROEX/UESC).

O FAEG-SUL é um espaço para discussão de Políticas Públicas de Cultura, formado por instituições públicas e privadas, produtores e grupos independentes voltados às questões específicas de interesse do setor. Discute e age em torno das questões relativas à formação para as políticas e gestão cultural, qualificação de mão de obra técnica, financiamento, captação de recursos, trocas de experiências, trabalho em rede, parcerias e suporte às iniciativas artísticas e culturais do Território Litoral Sul.