Discentes em estado de greve.

Discentes em estado de greve.

Reunidos em assembleia da Adusc, os professores da Uesc aprovaram o “estado de greve” da categoria. A medida é um alerta ao governo Rui Costa, que não recebe os docentes há mais de um ano e “segue aprofundando os ataques aos salários e direitos”, segundo nota da entidade.

Os quatro anos sem recomposição da inflação se soma a uma longa espera pelo cumprimento de progressões e promoções, o aumento na contribuição previdenciária e a alteração no limite da carga horária docente em sala de aula para professores em regime de Dedicação Exclusiva.

A categoria diz que está disposta a iniciar uma greve a partir de abril. Um comando de mobilização foi criado com o objetivo de efetivar ações de mobilização interna e conscientização da sociedade. O estado de greve é um período que antecede uma possível greve, um alerta e um ultimato.