Até agora ninguém foi preso.

Até agora ninguém foi preso.

Doze presos fugiram da Cadeia Pública de Buerarema. Os detentos cavaram um buraco no banheiro de uma das celas e saíram pela frente da unidade.

Estão foragidos Diego Conceição de Souza, Luciano Mendes dos Santos, Alessandro Matos de Oliveira, Leandro de Jesus Nascimento, José Gonçalves Filho, Cristiano Reis de Souza, Alecsandro Morais, Agenilson Francisco dos Santos, Marcos Santos de Jesus, Marcossuel Sampaio dos Santos, Jackson Borges de Oliveira e Leandro Melo dos Reis.

De acordo com o coordenador de custódia, Josenildo Oliveira, a cadeia tem capacidade para 20 presos e estava com 52 no momento da fuga.

A Cadeia Pública de Buerarema apresenta problemas comuns a várias cadeias do Estado. Segundo os presos, além da superlotação, falta energia, água, remédios e até alimentação.

Os policiais civis baianos estão se negando a custodiar os presos nas delegacias. Eles usam o argumento legal de que a custódia dos detentos é dever da Secretaria de Justiça.

A polícia continua em diligência e até agora nenhum preso foi recuperado.