site antigo fabio roberto
68 cipm




:: 1/mar/2019 . 21:47

TCE faz levantamento de obras paralisadas na BA

Obras paradas!

Obras paradas!

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) está fazendo um levantamento junto aos órgãos e entidades do governo do Estado sobre a situação de obras inacabadas na Bahia, executadas com recursos da administração estadual ou com participação de verbas da União, que estejam suspensas ou paralisadas. A finalidade é identificar e traçar o perfil das situações existentes, de forma a contribuir para a busca de soluções e para a retomada de projetos que resultem em equipamentos e serviços essenciais à população.

O presidente do TCE/BA, conselheiro Gildásio Penedo Filho, considera de fundamental importância a iniciativa, capitaneada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), e destaca que esforços conjuntos e concentrados como esse “são oportunos para mostrar à sociedade que a administração pública e os órgãos de controle, cada um exercendo o seu devido papel, devem empreender esforços para melhorar a vida dos cidadãos”. Acrescentou que, como resultado desse trabalho, será favorecida a retomada de obras públicas e projetos de infraestrutura que estejam inacabados ou paralisados, “em especial nos serviços públicos relacionados à educação, saúde, mobilidade urbana e habitação, dentre outros, com representativo impacto na qualidade de vida da população”.

O levantamento de obras paralisadas e inacabadas é uma das diretrizes do “Diálogo Institucional”, adotado pelo presidente do STF, José Antônio Dias Toffoli, com o objetivo de aproximar a Suprema Corte dos órgãos da administração pública. Para viabilizar o mapeamento, foi constituído o Comitê Interinstitucional de Diagnóstico de Grandes Obras Suspensas e Paralisadas, criado pelo STF e coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em conjunto com os Tribunais de Contas da União (TCU), dos Estados e Municípios, a Atricon, o Instituto Rui Barbosa (IRB) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Confira a programação do carnaval espontâneo na Av. Soares Lopes

Carnaval em Ilhéus.

Carnaval em Ilhéus.

Neste fim de semana de carnaval (2 e 3 de março), a Avenida Soares Lopes será ocupada de forma espontânea por foliões. Blocos afros, mini trio com bandas locais, grupos mascarados serão os ingredientes da festa popular realizada pela comunidade com o apoio da Prefeitura de Ilhéus. Os blocos previamente cadastrados pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) irão desfilar a partir das 15 horas encerrando às 22 horas.

A programação conta com uma diversidade de ritmos. No sábado (2), desfilam os blocos Thyaguetes, Explosão na folia, Os Travestidos, Ache graça Quem Quiser e Super Poderosas. O bloco “Levada Afro”, com o tema “Resistência Cultural – Música, Dança e Ancestralidade”, será no domingo, (3), às 20 horas com a participação dos grupos afros Dilazenze, Rastafiry, Zambi-Axé, Minikongo, Yorubá, Levada da Capoeira, além das tradicionais baianas dos principais terreiros de candomblé da cidade. Ainda no domingo, os blocos “20 comer” e “As Kretinas” arrastam os foliões na avenida.

A Prefeitura vai garantir serviços de segurança, através da Guarda Municipal em parceria com as Polícias Militar e Civil da Bahia, de trânsito e assistência à saúde, com a disponibilização de ambulâncias na avenida. O circuito será fechado da Praça Dom Eduardo até o Cinema Santa Clara, para a entrada dos blocos e mini trio.

Já o acesso do público será pelas ruas transversais da avenida, nesse trecho. Para coibir a violência, policiais, guardas municipais e bombeiros irão atuar em conjunto na base de segurança montada na Biblioteca Municipal, localizada na Praça Castro Alves. O trafégo de veículos durante o evento em toda essa área estará suspenso. Outra informação importante é que haverá barraquinhas para comercialização de alimentos e bebidas na extensão da folia.

Clima tenso entre os vereadores Escuta e Tarcísio Paixão

Clima tenso entre os edis.

Clima tenso entre os edis.

Não convide para a mesma mesa os vereadores ilheenses Luís Carlos “Escuta” e Tarcísio Paixão, ambos do Partido Progressista. A relação que era uma das melhores, azedou de vez. Tudo por conta da nomeação de Manzo no gabinete de Escuta. Tarcísio está enfurecido! 

Manzo, que já foi assessor de Tarcísio quando esteve na presidência do legislativo, é alvo de investigação do Ministério Público e, na época que foi intimado para prestar esclarecimentos, abriu a caixa preta da gestão de Tarcísio para o promotor Frank Monteiro Ferrari.

Apesar das relações estremecidas, os parlamentares tentam passar a imagem que está tudo bem, mas nos bastidores o clima está tenso e bastante perigoso.

De acordo com um bastidor ouvido pela reportagem do FR Notícias, Tarcísio deverá recorrer ao ex-prefeito Jabes Ribeiro, alem da Executiva Estadual do PP, para pedir a cabeça de Manzo, que entregou tudo o que sabe ao Promotor, e com isso, pode resultar na prisão de Tarcísio. 

Projeto Educar para não afogar orienta banhistas em Ilhéus, neste sábado

Educar para não afogar.

Educar para não afogar.

A Praia do Jardim Atlântico (Posto 3), na zona sul de Ilhéus, recebe a segunda edição do projeto ‘Educar para não afogar’, no próximo sábado (2), a partir das 8 horas, com a finalidade de conscientizar os banhistas sobre os riscos de afogamento durante o banho de mar. Durante o dia, o projeto vai aborda temas como a cadeia de sobrevivência do afogamento, suporte básico de vida, técnicas de salvamento e emergência aquática. 

O verão de Ilhéus reúne altas temperaturas e um maior número de banhistas que desejam curtir um belo dia de sol na praia. Só no município, na estação mais quente do ano, o fluxo de pessoas à beira-mar chega a aumentar pelo menos 50%, segundo estimativa do setor de Salva-vidas da Prefeitura Municipal, o que aumenta os riscos de afogamentos. Por isso, toda atenção é pouco para quem pretende se divertir no litoral nesse período.

Salvar vidas – O idealizador da iniciativa, Domingos Madureira, explica que o projeto presta um serviço essencial para os banhistas. “Explicamos com teoria e prática, medidas preventivas, educacionais, de orientação e salvamento em ambientes aquáticos. Uma dica importante que deixo ao banhista. Vá em praias monitoradas por salva-vidas, que são treinados e estão aptos a indicar os melhores pontos de banho, onde há corrente, buracos e outros perigos”, recomenda.

Sindicato ligado à Bebeto Galvão paralisa obras da FIOL

Mais uma importante obra pela turma de Bebeto.

Mais uma importante obra pela turma de Bebeto.

Apesar de está fora do atual cenário político, o ex-deputado Bebeto Galvão (PSB) continua mandando, desmandando e ditando ordens, no famigerado e combalido Sintepav-BA (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia). 

No intuito de atrapalhar o desenvolvimento da região, o Sindicato de [Bebeto] e seus blue caps protagonizou mais uma pervesidade ao parar as obras do lote 01 da FIOL Ilhéus, no trecho da cidade de Ipiaú, de responsabilidade da empresa (TRAIL). A turma do Sintepav ainda exigiu que os trabalhadores cruzassem os braços por tempo indeterminado. 

A malvadeza orquestrada pelo ex-deputado e seus apaniguados tem como alvo as obras consideradas de grande porte, a exemplo também da ponte do Pontal, que desde quando a construção foi iniciada sofre com os piquetes, movimentos desordenados, além de promover irresponsavelmente, um clima de caos entre os trabalhadores e a direção da construtora OAS. 

Por essas e outras que o governador Rui Costa (PT) vem mantendo Bebeto Galvão distante do seu governo e, dificilmente, encontrará espaço no segundo escalão, diante dos sucessíveis boicotes as obras que levam a marca do governo do governo baiano.

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

março 2019
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  




web