Marão em Salvador.

Marão em Salvador.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre prestigiou na última quinta-feira (7) a posse do novo secretariado do governo baiano, realizado no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Ao lado da deputada, Ângela Sousa, o prefeito ilheense parabenizou os empossados e aproveitou a oportunidade para dialogar sobre as principais pautas envolve o município.

“A parceria entre Estado e Município uniu esforços para melhorar a nossa cidade desde o início de 2017, graças a uma gestão que trabalha em sintonia com o povo. Fiz questão de vir prestigiar, mas também dialogar com o governador e seu primeiro escalão, sobre problemas da nossa cidade, no intuito de resolvê-los com mais agilidade. Não se governa de gabinete, mas sim nas ruas, ouvindo e decidindo sobre as prioridades da nossa cidade”, afirmou.

Conquistas – Entre as ações que estão beneficiando Ilhéus e região, o prefeito destacou a chegada do Hospital Regional Costa do Cacau; construção da nova ponte que vai ligar o centro da cidade ao bairro Pontal; reformas de postos de saúde, escolas e pavimentação de vias da cidade. “Breve, teremos um novo Hospital Materno-Infantil, duplicação da BR-415 – Rodovia Jorge Amado, prevista para iniciar este ano; implantação da ZPE, Porto Sul e FIOL”, comemorou.

Tomaram posse os novos secretários do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira; de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Leonardo Góes; do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães; do Turismo, Fausto Franco; e da Agricultura, Lucas Costa. Por sua vez, o governador Rui Costa anunciou o nome do novo secretário de Desenvolvimento Urbano, o deputado federal Sérgio Britto (PSD).

“É uma equipe com perfil técnico, mas também com conceito político, que possa acelerar os investimentos e manter a Bahia nesse ritmo de crescimento”, disse Rui. O governador deve anunciar nos próximos dias os nomes de mais quatro secretários que comandarão as pastas da Secretaria de Ciência e Tecnologia; Justiça e Direitos Humanos, Ralações Institucionais, e Desenvolvimento Rural.