Estratégias para o exercício de 2019.

Estratégias para o exercício de 2019.

Iniciativas previstas no Plano Estratégico lançado pelo Ministério Público estadual no ano de 2011 para execução até o ano de 2023 foram revisadas nesta quinta e sexta-feira, por promotores de Justiça que atuam em comarcas que integram as Promotorias de Justiça Regionais de Ilhéus e Itabuna. Eles participaram do ‘Encontro Regional para Atualização do Plano Estratégico’, que aconteceu em Ilhéus, com a participação da procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado. “Este é um momento de revisão do Plano e eleição de prioridades”, destacou a PGJ, salientando que o trabalho está muito atrelado ao sentir de cada promotor de Justiça na sua vivência. “O promotor conhece bem a realidade social local e as necessidades da população e pode ajudar a instituição a priorizar a atuação em cada área”, ressaltou Ediene Lousado. Ela frisou que a eleição de prioridades possibilita a aplicação de recursos de forma racional em cada área de atuação do MP. Também lembrou que “é preciso organizar cada vez mais a atuação, traçar os objetivos e definir iniciativas institucionais de forma associada com as necessidades da população. Somos prestadores de serviço público e devemos observar o que a sociedade precisa”.

Promotores reunidos para novas ações na região.

Promotores reunidos para novas ações na região.

O modelo desenvolvido pela Coordenadoria de Gestão Estratégica (CGE) para atualização do Plano foi apresentado aos participantes da reunião pelo promotor de Justiça Fábio Velloso. Coordenador da CGE, ele explicou que a ideia dos encontros é colher contribuições, pois a revisita ao plano é uma construção coletiva. “A nossa instituição tem funções múltiplas e uma atuação crescente que exige atualização permanente”, registrou ele. A procuradora-geral de Justiça Adjunta, Sara Mandra Rusciolelli, participou do encontro e agradeceu a presença dos promotores da região.