Sem gramado e futebol.

Sem gramado e futebol.

O taxista e bancário Waldemir Correia, crítico ferrenho e declarado do governo Mário Alexandre (PSD) e José Nazal (REDE), usou as redes sociais, para tecer severo comentário, acerca do estado de abandono em que encontra o estádio Mário Pessoa. O equipamento esportivo que está em processo de mudança do gramado está com as obras paralisadas, em decorrência da falta de dinheiro, através de emenda parlamentar. 

Diante do cenário lastimável e entristecedor, Waldemir, que é um apaixonado pelo Colo-Colo, fez um breve desabafo sobre a falta de compromisso da administração municipal tambem com o esporte.

“Este é o estado em que se encontra o “gramado” do nosso estádio Mário Pessoa, olhando de perto é de cortar o coração. Realmente percebi também que os refletores na sua grande maioria estão pendurados na torre de iluminação representando um perigo enorme para todos que trabalham no estádio ou que passem por perto. Eu só imagino como não deve está as condições internas do Mário Pessoa? Ao ver um equipamento deste sendo destruído por falta de manutenção e competência o que será que a prefeitura, seus secretários, os vereadores pensam acerca disso? Coitada da minha linda princesa do Sul”, finalizou.