site antigo fabio roberto
68 cipm




:: 26/nov/2018 . 19:08

Nova diretoria do SINDPOC toma posse nesta sexta

Convite/posse.

Convite/posse.

Nesta sexta-feira (30) o Sindicato dos Policias Civis realiza solenidade de posse da diretoria eleita que irá conduzir a gestão do SINDPOC durante o mandato de 2018\2022, a partir das 15hs,na Associação dos Funcionários Públicos da Bahia (AFPEB), localizada na Carlos Gomes, centro da capital baiana.

O Presidente eleito, Eustácio Lopes, destaca que a nova diretoria tem como objetivo “ouvir” e atender as demandas dos policiais de Salvador e do interior baiano. “Passamos o período eleitoral e precisamos agora buscar a unidade da categoria. Por isso, nosso lema será “Somos todos policiais civis. Somos todos SINDPOC!”, pontua o dirigente sindical.

ASCOM SINDPOC

PMs da 7002 apreendem espingarda na zona norte de Ilhéus

Arma usada pelos bandidos.

Arma usada pelos bandidos.

Por volta das 08h50 desta segunda-feira, 26, guarnição operacional 7002/Distritos, durante patrulhamento no distrito de São José, na altura do KM 16, na estrada de lava-pés, flagrou 3 elementos em atitude suspeita.

Ao verem a viatura, empreenderam fuga na mata, deixando para trás uma espingarda cal. 32. municiada com 3 cartuchos. A PM fez buscas na localidade, mas os meliantes conseguiram escapar. 

Mais uma ação da guarnição dos distritos.

Mais uma ação da guarnição dos distritos.

O registro de boletim de ocorrência foi feito no plantão da 7ª Coorpin, para adoção das medidas legais.

Meteu assalto na padaria Loiola e foi preso pela PM

Meliante na viatura.

Meliante na viatura.

Uma guarnição da polícia militar a bordo da viatura 7010, pertencente à 70ª CIPM, conduziram, nesta segunda-feira, 26, para delegacia, João Henrique Candido de Souza.

O homem é suspeito de assaltar a padaria de Loiola e uma mercearia no Banco da Vitória. O dinheiro e o celular foram recuperados e apresentados no plantão policial. 

Ilhéus perdeu 1.010 postos de trabalho em outubro

Desemprego em alta em Ilhéus.

Desemprego em alta em Ilhéus.

De acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), Ilhéus perdeu 1.010 postos de trabalho no mês de outubro. O setor agrícola foi o mais afetado com as demissões.

Por outro lado, o município gerou 144 novas vagas. O melhor setor foi o de Serviços, com 128 admissões, construção civil 41 vagas, e indústria 14 novos empregos. Já o comércio, foi o pior setor, eliminando 23 vagas.

A Agropecuária fechou 14 postos de trabalho, a extração mineral e os serviços públicos um cada. Já na administração pública, 356 pessoas foram mandadas embora. 

Nota de repúdio do Partido Progressista de Ilhéus

PP de Ilhéus.

PP de Ilhéus.

A Comissão Executiva do Partido Progressista em Ilhéus vem a público manifestar repúdio à veiculação publicada na imprensa local, especialmente em alguns blogs, sobre a responsabilidade pela demissão de centenas de servidores públicos admitidos antes da Constituição Federal de 1988, atribuída à gestão do partido. 

Importante ressaltar que a CF/88 tornou estáveis servidores admitidos antes de outubro de 1983, ou seja, aqueles que ingressaram 5 anos antes da Carta Magna. Aqueles servidores admitidos após outubro de 1983, apesar não serem enquadrados como estáveis, não houve qualquer mandamento legal que obrigasse a demissão. Após a Constituição, porém, para ingresso na carreia pública houve obrigação de admissão mediante concurso público. 

Assim, nas gestões do ex-Prefeito Jabes Ribeiro, especialmente de 2013 a 2016, várias ações foram promovidas para evitar a demissão em massa dos servidores, quais sejam: ajuste fiscal com o aumento da arrecadação, com o fito de diminuir o índice de pessoal para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal; a realização do maior concurso público havido na cidade de Ilhéus, com a finalidade precípua de substituir os servidores em fim de carreira, inclusive aqueles admitidos entre 1983 a 1988; a alteração do regime jurídico dos servidores de celetista para estatutário, que foi de fundamental importância para reestruturar o quadro de pessoal do Município e diminuir o impacto de contribuições sobre a folha de pagamento; a aprovação do reenquadramento da remuneração dos servidores, objetivando a melhoria salarial daqueles que tinham sido admitidos com salário muito abaixo da realidade do mercado de trabalho. 

Além disto, dentro do planejamento do ajuste foi devidamente planejado e entregue ao governo que assumiu o anteprojeto do Plano de Cargos e Salários, bem como o Programa de Demissão Voluntária, que veio a ser aprovado pelo legislativo municipal, como uma forma de estimular e salvaguardar anos de prestação de serviços ao Município, diante de uma aposentadoria prematura.

Não é verdade também que o governo progressista não tenha convocado concursados, a medida que os contratos temporários foram extintos, houve convocação de médicos, enfermeiros, procuradores e outros, dando continuidade a política de ajuste em todas as áreas, especialmente a de pessoal.   

Assim, o Partido Progressista, pelos atos praticados pelo ex-prefeito Jabes Ribeiro, tem a convicção de que a demissão em massa de servidores poderia ter sido evitada, acaso houvesse continuação do ajuste fiscal, bem como incentivo a aposentadoria, com o efetivo diálogo com a classe atingida pela decisão judicial, que é passível de sofrer reforma pelos Tribunais Superiores, se essa for a decisão da gestão municipal. 

Comissão Executiva do Partido Progressista.

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  




web