Conselheiros passam por capacitação.

Conselheiros passam por capacitação.

A Prefeitura Municipal de Barro Preto disponibiliza Representantes do conselho Municipal de Assistência social (CMAS), Ivanilde José Bomfim dos Santos, presidente do Conselho de Assistência social e Cláudia Prates da Silva, Secretária Executiva do Conselho de Assistência Social, para participar de uma capacitação e formação continuada para potencializar o trabalho junto ao público alvo do sistema.

Esse é o objetivo da edição do CapacitaSUAS que acontece no município de Vitória da Conquista até a próxima sexta-feira (09). 

Cláudia Prates (à direita) uma das participantes do curso.

Cláudia Prates (à direita) uma das participantes do curso.

O encontro começou nesta segunda-feira (05) e é destinado a trabalhadores que atuam nos territórios Bacia do Paramirim; Médio Rio de Contas; Médio Sudoeste da Bahia; Sertão Produtivo; e Sudoeste Baiano.

Nesta fase da capacitação, estão sendo executados o curso de Introdução ao Exercício do Controle Social do SUAS e o curso de Atualização para elaboração de Planos de Assistência Social, ambos com carga horária de 40h, com certificação aos participantes que completarem 75% de freqüência.

Profissionais avaliam positivamente o curso.

Profissionais avaliam positivamente o curso.

CapacitaSUAS – A capacitação é realizada através do contrato firmado com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, com apoio da Fundação de Apoio Pesquisa e Extensão – FAPEX.

Para a Prefeita Ana Paula e seu vice Mariano Macedo, o curso enfoca na atualização sobre a organização e a oferta dos serviços da proteção social especial, Além de mantermos este projeto, estamos sempre buscando nos capacitar. “É um grande ganho para a política de assistência social do município”, afirmou.

O secretario de Assistência social Fábio Bomfim, disse que está sempre atualizado, e buscando melhorias aos programas da assistência, no município. Encaminhar pessoas que buscam, conhecimentos em prol de Barro Preto, é muito gratificante, assim crescemos mais, e o trabalho prevalece a toda população.