Cidadão é uma das vítimas da desassistência do município.

Cidadão é uma das vítimas da desassistência do município.

Ambiente insalubre e sem nenhuma condição de moradia.

Ambiente insalubre e sem nenhuma condição de moradia.

A conceituada advogada ilheense Drª Consuelo Nascimento, usou o seu perfil na rede social Facebook, para chamar atenção das autoridades públicas, sobre o alto índice de pessoas que vivem nas ruas de Ilhéus em completo estado abandono e em situação de vulnerabilidade social.

No trecho da publicação, Drª Consuelo relata com riquezas de detalhes, o drama enfrentado por um pai e filho, que vivem abaixo do nível da pobreza em uma área cercada de matos, na Rua 4, do Jardim Pontal, bairro situado em área nobre de Ilhéus.

“Presenciamos, diuturnamente, na cidade de Ilhéus, pessoas sobrevivendo em estado de miséria total, sem qualquer assistência pelos órgãos públicos, o que demonstra ausência de políticas públicas, voltadas para a população carente, principalmente. Além de encontrarmos pessoas dormindo na sarjeta na Pça J. J. Seabra, onde estão situados os poderes executivo e legislativo, agora encontramos “pai” e “filho” vivendo abaixo do nível de pobreza, em bairro nobre do Município, precisamente na Rua 4, do Jardim Pontal, como comprovam as fotos do ambiente, ora publicadas. Assim, frente a ausência de assistência social em nosso Município, pedimos aos cidadãos, que ajudem de alguma forma estas pessoas, porque carentes de tudo, inclusive da própria dignidade”, afirmou, Drª Consuelo Nascimento.