site antigo fabio roberto
68 cipm




:: 4/nov/2016 . 23:31

Caso Kayalla Ayalla: população vai às ruas de Ilhéus pedindo paz e justiça

1

Juventude foi às ruas de Ilhéus contra homofobia.

Integrantes e simpatizantes de movimentos LGBT saíram às ruas de Ilhéus na tarde desta sexta-feira, 04, para se manifestar contra o que eles qualificaram como transfobia, ocorrida na madrugada do último final de semana com a travesti bastante conhecida na região, Caio Kayalla Ayalla.

dsc_0049

A comunidade aplaudiu o movimento pedindo paz.

dsc_0054

Protesto percorrer principais ruas de Ilhéus.

O público se concentrou no local que ocorreu a agressão, nas imediações da loja Tubarão Verde, no bairro do Malhado. Com faixas e cartazes pedindo paz, a população percorreu as principais ruas da cidade entoando palavras de ordem contra a discriminação e a falta de segurança.  O ato de cunho pacifico contou com a apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Defensoria Pública, Mônica Vasconcelos (PDT), candidata a vereadora nas eleições desse ano, movimentos sociais e, principalmente a imprensa, que deu amplo destaque ao episódio, cobrado providências das autoridades.

dsc_0028

Um gesto espontâneo em apoio à querida Kayalla.

dsc_0073

Caminhada em apoio á Kayalla, vítima de agressão no Malhado.

Kayalla Ayalla foi transferida essa semana, para uma unidade hospitalar na cidade de Porto Seguro, por recomendação dos familiares. Antes, ela deu entrada no hospital de base, em Itabuna, onde foi medicada, contudo, ficou na maca em pleno corredor do hospital. Segundo informações, o seu quadro de saúde inspira cuidados, por conta da gravidade dos socos e chutes sofridos na cabeça e em outras partes do corpo. A polícia civil iniciou as investigações e já tem pistas de três suspeitos, porém os nomes foram mantidos em sigilo para não atrapalhar a ação policial.

Confira outras imagens do movimento clicando em leia mais.

:: LEIA MAIS »

Mais uma vitória dos estudantes na Câmara de Vereadores de Ilhéus

dsc_0451

Estudantes da rede estadual de ensino protestam na Câmara de Ilhéus.

Na manhã desta sexta-feira, 04, estudantes secundaristas e integrantes da sociedade civil organizada promoveram assembleia no plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus, após terem conhecimento que a Mesa Diretora da Casa planejava realizar sessão extraordinária, para discutir e votar o Projeto de Lei 048/2016 e o seu artigo 3, que fixa em R$ 12.825,00 (doze mil e oitocentos e vinte e cinco reais), os subsídios dos próximos vereadores ilheenses.  

dsc_0439

A juventude quer barrar projeto que aumenta salários dos parlamentares.

dsc_0427

Estudantes prometeram novos protestos no poder legislativo.

Desde as primeiras da manhã de hoje, a juventude demonstrando resistência e acompanhada de vários professores, aglomeraram em frente ao Parlamento Municipal, na expectativa de protestar caso o projeto fosse colocado em votação no Plenário Gilberto Fialho. Os organizadores do movimento afirmam que a Mesa Diretora da Câmara cancelou a sessão, após a sociedade ter conhecimento por meio da ampla divulgação na imprensa. Os estudantes prometeram novos protestos nas sessões de terça e quarta-feira da próxima semana.

dsc_0440

Professores também aderiram ao movimento contra o reajuste dos vereadores.

Ademais, o PDT – Partido Democrático Trabalhista de Ilhéus, na pessoa do presidente, vereador Dr. Cosme Araújo, acompanhado dos vereadores eleitos Dr. Thadeu Muniz, Abraão e César Porto, foi o primeiro partido em Ilhéus a se posicionar contra ao aumento dos subsídios, por entender que é inoportuno qualquer tipo de aumento, já que o País atravessa uma das piores crises econômicas e, por conseguinte, em Ilhéus, onde os servidores públicos amargam quase 04 anos sem nenhum centavo de reajuste.  

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

novembro 2016
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  




web