vereador jerbson moraes prefeitura ilheus embasa danillo rabat




:: 21/out/2016 . 20:46

70% dos estudantes deixam igreja durante a universidade

Jovens deixam igreja, quando conhecem ensino superior.

A maioria dos jovens deixam de frequentar a igreja durante os anos de faculdade, de acordo com um estudo feito pela LifeWay Research. Cerca de 70% dos estudantes abandonam suas denominações, mas acabam retornando mais tarde.

Segundo a pesquisa, 70% dos jovens frequentavam a igreja durante o ensino médio, mas a abandonaram. Dos que saíram, quase dois terços retornaram mais e atualmente frequentam a igreja. A frequência à igreja entre jovens e adolescentes é um fator de importância, segundo o estudo. Entre 16 e 17 anos, a queda na frequência é de 10%; entre 17 e 18 é de 14% e entre 18 e 19, a queda é de 13%.

Na maioria dos casos, as pesquisas mostram que os jovens não têm a intenção de deixar a igreja. Cerca de 80% dos jovens que abandonaram suas denominações durante a faculdade não tinham a pretensão. Muitos a deixaram por suas discordâncias com a educação teológica e encarar a igreja com menos importância em sua vida.

Estudantes ocupam Campus do IFBA Ilhéus contra governo Temer

whatsapp-image-2016-10-21-at-20-51-39

Estudantes protestam contra medidas do governo Temer.

Estudantes do Instituto Federal de Educação da Bahia, campus Ilhéus, ocuparam as dependências da instituição na tarde de hoje, 20. Eles protestam contra as medidas do governo Temer que causarão redução de verbas para a educação e demais áreas sociais, assim como contra a reforma do Ensino Médio.

Medidas truculentas foram tomadas por parte da direção, que segundo os estudantes relatam. Os portões foram trancados para impedir a circulação de alunos. Além disso, banheiros e a copa foram trancados, o que inviabiliza que os estudantes possam preparar refeições e garantir condições básicas de sobrevivência. “Quem sai em busca de suporte como alimento ou água não pode mais entrar”, conta um estudante.

Os manifestantes estão fazendo apelos através das redes sociais para que a sociedade os apoie com a doação de alimentos prontos, água, frutas, copos/talheres/pratos plásticos etc, além de colchonetes, lençóis, material de limpeza e higiene pessoal. Também necessitam de barracas de acampamento e assessoria jurídica. As doações podem ser feitas no próprio campus, que fica na rodovia Ilhéus-Itabuna, nas proximidades do Banco da Vitória.

Conselho Superior da UFSB é contra PEC 241

assinatura-branca-ufsb-selo-rgb1-e1439822467590

Novo logo da UFSB.

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Sul da Bahia, em Reunião Extraordinária nesta data, tomou conhecimento de nova redução do orçamento do sistema MCTI/CNPq e da inclusão na pauta do Congresso Nacional da Proposta de Emenda Constitucional PEC 241, que limita reajustes anuais do orçamento público.

Diante dessas notícias, manifesta pleno desacordo em relação à política de cortes, contingenciamentos e ajustes no orçamento da União que vem sendo conduzida pelo Governo Federal. Para além do duvidoso êxito desta política no que se refere ao equilíbrio das contas públicas, considera que, se aprovada nos termos propostos, a PEC 241 na prática inviabilizará os setores públicos de educação, cultura e arte, ciência, tecnologia & inovação. A contenção do orçamento público ao índice oficial de inflação do ano anterior acarretará, a médio e longo prazo, graves prejuízos às universidades, sobretudo a instituições como a UFSB, em processo de implantação e com projeto político-pedagógico voltado à integração social dos segmentos mais pobres e oprimidos da população brasileira.

Este Conselho considera ainda que a redução do atual e insuficiente investimento público nas áreas sociais constitui séria ameaça ao futuro do país, pois suprime direitos constitucionais já conquistados pelo povo brasileiro.

Itabuna, 21 de outubro de 2016

Conselho Universitário

UFSB

Servidores ocupam prefeitura de Barro Preto em protesto por salários atrasados

whatsapp-image-2016-10-21-at-14-58-17

Servidores municipais de Barro Preto cobram salários atrasados.

Revoltados com os salários atrasados, servidores municipais de vários setores na cidade de Barro Preto ocuparam a prefeitura na manhã desta sexta-feira, 20, no objetivo de cobrar da ainda prefeita Jaqueline Motta (PT), o pagamento do mês de setembro e o cumprimento das vantagens que foram retiradas dos contracheques sem nenhum aviso prévio. O ato ocorre de forma pacifica sem que trouxesse prejuízos no funcionamento do centro administrativo municipal.

De acordo com um dos funcionários ouvidos pela reportagem do FRN, cerca de 100 servidores ocupam o prédio do executivo municipal.“Estamos sofrendo perseguição política há um tempo, por não aceitar o modelo ditatorial e truculento do grupo da prefeita. Ocupamos apenas o corredor da prefeitura e só vamos sair depois que alguém do governo nos receber”, disse.

Para piorar a situação, a prefeita e o primeiro-ministro sumiram da cidade. Já os secretários de administração e finanças foram desautorizados a tomar qualquer medida que venha favorecer os servidores municipais. Diante da intransigência da gestora, os trabalhadores estarão entrando com mandado de segurança a fim de que a justiça ordene o bloqueio dos recursos para o pagamento dos servidores.   

É o triste fim melancólico da era PT na cidade barropretense! 

whatsapp-image-2016-10-21-at-14-57-52

Funcionários aguardam providências do município.

whatsapp-image-2016-10-21-at-15-00-18

Descaso da prefeita Jaqueline Motta com os servidores.

whatsapp-image-2016-10-21-at-14-57-53

Trabalhadores são humilhados na prefeitura de Barro Preto.

Filha relata que pai teve atendimento negado na Policlínica da Conquista

imagem-da-saude-clayton1

Essa é a cara da saúde de Ilhéus.

A Presidente da Associação de Pessoas com Doença Falciforme de Ilhéus e membro do Conselho Municipal de Saúde, Noêmia Neves, procurou a imprensa, para denunciar mais um absurdo na saúde de Ilhéus, na gestão apócrifa do Sr. Antônio Ocké. Ele afirma que ficou indignada com a forma como seu pai foi tratado na Policlínica no bairro da Conquista.

Segundo a denunciante, na manhã desta sexta-feira, 20, o seu pai de 82 anos e com dificuldade de locomoção tinha uma consulta marcada desde o dia 07/10 com Urologista, porém ao chegar por volta das 07hs na recepção da Policlínica da Conquista, foi informada por uma funcionária que o médico Mateus Tannus dos Santos suspendeu o atendimento sem nenhuma justificativa, fato este que deixou a filha do paciente revoltada, ao ponto de fazer um desabafo sobre o descaso na saúde de Ilhéus.

Porque o paciente não é avisado, já que são exigidos tantos documentos inclusive, contato telefônico no momento do agendamento? Será que a responsabilidade é do gestor da Secretaria de Saúde ou está faltando sensibilidade dos servidores responsáveis pela recepção? Onde fica o compromisso do médico Matheus Tannus dos Santos com a população, que irresponsavelmente suspendeu o atendimento abruptamente? Com a palavra o Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus, na pessoa do presidente Fred Oliveira, que precisa reagir com ações concretas, Secretária de Saúde e Ministério Público”, reclama.

Prefeito de Santa Luzia pode ser cassado por abuso de poder econômico

dsc02054

Guilherme está sendo investigado pelo juiz Eros Cavalcanti.

O prefeito reeleito de Santa Luzia, Guilherme (PSD) está respondendo uma ação de investigação judicial eleitoral – (crimes eleitorais), se for condenado poderá ser cassado. Guilherme foi reeleito com 50.38% dos votos válidos, com uma diferença de apenas 46 votos para o segundo colocado, Téo (PRB).

Na denúncia, foi anexado um áudio gravado no dia 22 de agosto, no qual Guilherme, acompanhado do assessor Paulo Abelha, foi até a casa do mecânico e candidato a vereador Deivison Oliveira Santos. O processo se encontra na 133ª Zona Eleitoral, e o juiz responsável é Eros Cavalcanti.

Deivison afirmou que o prefeito Antônio lhe ofereceu benefícios em bens de consumo, sendo todo o material necessário para a campanha do candidato a vereador, para que em troca ele conseguisse votos para Antônio Guilherme. O montante final dos materiais fornecidos seria de R$ 20 mil.

Vereadores votam contas de Jabes Ribeiro nos próximos dias

reuniao-com-o-prefeito-jabes-ribeiro-e-vereadores-foto-gidelzo-silva-secom-ilheus-27-10-14-5407

Jabes diz: “dei tudo o que vocês pediram, agora é a minha vez”.

A Câmara de Ilhéus deve analisar e votar nos próximos dias as contas do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP). É sem dúvida alguma uma das sessões mais aguardadas pela população ilheense, que promete lotar as galerias da Casa, para acompanhar voto a voto de cada parlamentar.

Nos corredores do Poder Legislativo, os emissários Jabistas tentam, desesperadamente, cooptar apoio dos edis, na tentativa de reverter o placar, que caminha para uma estrondosa derrota jamais vista no cenário político ilheense.

Os vereadores mandando Jabes Ribeiro para o rol dos fichas-sujas adiará os planos de disputar uma das vagas na assembleia legislativa da Bahia, em 2018, por ficar inelegível 08 anos. 

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

outubro 2016
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  




web