13241231_1060522514019455_6171218453102404000_n

Jaque dando uma cheirada.

A prefeita de Barro Preto, Jaqueline Mota (PT), que já foi acionada pelo Ministério Público Federal por desvios de verbas públicas, continua desafiando a justiça e celebrou 02 contratos milionários com duas supostas empresas, publicado no Diário Oficial do dia 13 de maio. O município vai pagar exatos R$ 1.376.584,98 (um milhão, trezentos e três mil e quarenta e dois reais) com combustível e óleos lubrificantes.  

Com vigência de 07 meses, todo os contratos foram abocanhados pelas empresas, Comercial de derivados de petróleo Messias Rebouças LTDA e L.N Fribunio comércio de produtos derivados do petróleo LTDA com respectivos endereços ignorados. A farra do combustível é tão absurda, que mesmo com a alta do preço, o valor investido daria para dar uma volta ao mundo se fosse necessário. Vai ser uma verdadeira ‘queima’ de combustível, para tanto recurso público que a prefeita Jaqueline Mota promete gastar no fim melancólico e desprezível desgoverno.

Abaixo, os extratos que comprovam o dinheiroduto comendo solto para favorecer empresas ligadas a nefasta administração.

Barro Preto

Recursos públicos sendo jogados no ralo.