:: 13/fev/2016 . 17:54

Site O Defensor acompanha o carnaval Eco Folia de Itacaré

20160213_001044

Vina Calmon, do Cheiro de Amor, mostrou sensualidade e alegria no Eco Folia 2016.

Quem pensa que o carnaval terminou, engana-se. A equipe de O Defensor desembarcou nesta sexta-feira, 12, na bela e paradisíaca Itacaré, no sul do estado, para acompanhar mais um final de semana da festa. Com o tema Carnaval Eco Folia, os shows ocorrem na orla principal da cidade, e reúne grandes nomes do axé music e do arrocha.

Nesta sexta-feira, a banda Cheiro de Amor foi à primeira atração a embalar o público. Comandada pela vocalista Vina Calmon, de 26 anos, o grupo tocou grandes sucessos da atualidade como Metralhadora, Bota a cara no sol, cabelo de chapinha, Pra frente e a música de trabalho intitulada proposta indecente.

20160213_000719

Público formado pela maioria de turistas aprovou a festa.

Na sequência, foi à vez do cantor e compositor Thierry subir ao palco oficial e levar os foliões ao delírio. Conhecido em todo o pais pelo arrocha romântico, o artista não deixou ninguém parado com as canções de sua própria autoria chorência, farra ou na sofrência, gamadinho, fartura e pra esquecer essa paixão. “Isso aqui é contagiante. Obrigado Itacaré pelo carinho!”, resumiu o astro.

IMG_5058

Thierry levou muita emoção e sofrência para o público.

Segundo o Major Rocha, comandante da 72ª CIPM de Itacaré, a primeira noite de carnaval seguiu tranquila sem nenhuma anormalidade. “foram colocados mais de 100 policiais distribuídos dentro e fora do circuito, 08 câmeras de vídeo monitoramento, rondas ostensivas e várias abordagens, como forma de prevenção e segurança dos foliões”, explicou.

IMG_5057

Polícia Militar garantiu a segurança dos foliões.

Para este sábado, 12, estão programadas as apresentações da banda Afrodisíaco e o sertanejo de Daniel Vieira, a partir das 23horas, na orla principal de Itacaré.

Projeto do Vereador Cosme Araújo que torna a Associação dos Pequenos Agricultores entidade de Utilidade Pública será votado dia 23

dsgsdfgsdgsdfg

Vereador Cosme Araújo, parlamentar atuante em defesa da população.

 O vereador ilheense, COSME ARAÚJO (PDT), apresentou na última na Câmara Municipal de Ilhéus, Projeto de Lei que torna a Associação dos Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema (ASPAIUB), entidade de utilidade pública municipal, com todos os direitos e vantagens assegurados em lei, com fins específicos de legitimidade perante aos poderes constituídos na defesa dos interesses coletivos da Associação, inclusive em questões judiciais e/ou administrativos, podendo firmar parcerias com entidades do município de Ilhéus e celebrar acordos de interesse comum.

Para o autor do Projeto, COSME ARAÚJO, é oportuna a votação e aprovação desta preposição, diante da luta e compromisso que a atual diretoria da Associação, presidida pelo pequeno agricultor, Abiel Silva, da garantia dos bens e propriedade, “Sempre estive presente nesta luta e na garantia da propriedade privada”, pontua Araújo.

Já o Presidente da Associação, Abiel Silva, em reunião com o propositor, afirma a sua satisfação em ter o apoio do parlamentar COSME ARAÚJO, por sua solidariedade e presença nos atos e manifestações da Associação, “O vereador Cosme Araújo tem sido presente na nossa luta, se colocando a disposição em todos os atos, especialmente jurídico. Este seu projeto de Lei de Utilidade Pública mostra a sua grandeza e compromisso com os pequenos produtores da cidade de Ilhéus, Una e Buerarema”, declara.

O Projeto, por competência, encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça para parecer final e posterior votação e aprovação em plenário da Augusta Casa de Leis, logo após o recesso.

STF decide que músicos não precisam de registro profissional

Cifras musicais.

Cifras musicais.

A classe artística brasileira pode comemorar, pois o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os músicos não precisam do registro profissional, emitido pela Ordem dos Músicos do Brasil (OMB), para exercer a profissão. Em votação unânime, os ministros da corte decidiram negar o recurso da Ordem, que alegava ser o órgão competente para gerenciar a profissão no Brasil.

A Ministra Ellen Gracie, relatora da ação, afirmou que a “liberdade de exercício profissional é quase absoluta. Qualquer restrição só se justifica se tiver interesse público. Não há qualquer risco de dano social na música”.

anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

fevereiro 2016
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829  




web