site antigo fabio roberto
68 cipm




:: 22/dez/2015 . 17:05

Gilmar Sodré e Jailson Nascimento declaram guerra na comunicação

Amigos ontem, inimigos mortais hoje.

Amigos ontem, inimigos mortais hoje.

Não convide para a mesma mesa o ex-vereador Jailson Nascimento (PSB) e o vereador Gilmar Sodré (PMN), conhecido na rota da malandragem pelo vulgo de “liquinha”. Ambos abriu guerra ainda nos primeiros dias de 2014. O clima hostil já se arrasta há quase 03 anos e, mesmo amigos próximos querendo promover a reaproximação, os inimigos continuam intransigentes, ou seja, adversários mortais.

A briga de cachorro quase grande, além de política, tem ligação com a novela da Rádio Bahiana de Ilhéus. De um lado, Sodré garante que a emissora está em seu nome junto ao banco de dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), e que os atuais sócios (Bebeto e Jailson) se apossaram do veículo de comunicação por meio de um “contrato de araque” sem nenhum valor jurídico. Especula-se que os acionistas não são vistos na emissora a muito tempo, dando uma demonstração de desinteresse em tocar o empreendimento. Nos bastidores, comenta-se que a sociedade caminha para uma ruptura, resultando na venda da AM avaliada em R$ 500 mil reais.

Trabalhadores de Ilhéus recebem calote da AML Empreendimentos

trabalhador-terceirizado-governo-de-bahia-sindilimp-bahia

Terceirizados recebem calote de empresa.

Os funcionários terceirizados das escolas do Estado de Ilhéus contratados pela empresa ALM, resolveram ocupar a sede da empresa no município de Lauro de Freitas, ontem, 21, para reivindicar direitos. Indignados com os atrasos de salário e 13º salário, uma comitiva de trabalhadores saíram de Ilhéus para exigir o pagamento dos salários diretamente aos patrões na região metropolitana de Salvador.

A luta do Sindicato é para que os atrasos não se repita mais no ano de 2016, e não precise os trabalhadores terem que se preocupar se irão no início do mês ter ou não sua remuneração e benefícios para garantir o sustento da família. Diante da problemática, os trabalhadores ameaçam greve por tempo indeterminado enquanto não quitar o débito.

A casa começa cair na administração nebulosa de Jabes e os efeitos da eleição do Conselho Tutelar foram suspensos

A casa do jabismo caiu!

A casa do jabismo caiu!

As eleições do Conselho  Tutelar do Município de Ilhéus ocorridas no dia 04 e 15 de novembro último, tiveram seus efeitos suspensos, bem como a posse dos novos conselheiros eleitos, em face de irregularidades apontadas no processo eleitoral. Segundo a Defensoria Pública Estadual, autora da Ação civil Pública, esta  disse que o pedido de suspensão tem eficácia até o julgamento de mérito da decisão, com reais possibilidades de anulação das eleições em definitivo. As eleições em Ilhéus foram marcadas por várias denúncias de fraudes com o desiderato de beneficiar candidatos ligados ao governo municipal, como sempre ocorreu nas eleições deste governante, e tornou-se uma praxe.

Em Ilhéus o processo ocorreu em dois momentos. Dia 04/11 foram realizadas as eleições da Zona sul e Centro Oeste. Já a eleição da Zona norte foi no  dia 15/11, em função de irregularidades anteriores de vazamentos de cédulas em branco, bem como malandragens no momento de votação, onde tudo verdadeiramente ocorreu de maneira inusitada. No processo nº 0502332-25.2015.8.05.01.02 da 1ª Vara da Fazenda Pública, a Liminar concedida tem por escopo  suspender as eleições para escolha de membros do Conselho Titular de Ilhéus  ou Caso Exaurida todas as etapas do certame, suspender a nomeação dos eventualmente eleitos, até a decisão de mérito na citada ação.

Entidade estudantil de Ilhéus era usada para politicagem suja

Má política destrói UMES

Má política destrói UMES

A UMES (União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Ilhéus) entidade que tinha como objetivo representar os estudantes secundaristas da cidade, depois que caiu nas garras de determinados pseudos sindicalistas do baixo clero, acabou fechando as portas, por falta de habilidade e transparência dos inaptos gestores.

Fundada na década de 1980, a UMES funcionava em espaços alugados; salas de sindicatos; cômodos de colégios; e era considerada uma grande mina de dinheiro na venda de carteira estudantil, porém nunca prestou contas do esquemões montados na obscuridade e acabou falindo no ano 2000.

Do pouco que a instituição possuía os gatunos levaram. Carregaram as mesas, cadeiras, armário, móveis de escritório, livro de ata, aparelho telefônico e até as portas das salas. Comenta-se que os materiais foram destruídos propositadamente pela última diretoria.  A desmobilização estudantil, indícios de corrupção e a politicagem deslavada contribuíram para o fim melancólico da entidade. Lugar de pelego não é defendendo os direitos dos outros! 

Boas festas!

Cosme Araújo lhe deseja boas festas.

Cosme Araújo lhe deseja boas festas.

Vídeo: Moradora relata calamidade no estádio Mário Pessoa

Móveis sendo colocados no estádio Mário Pessoa.

Móveis sendo colocados no estádio Mário Pessoa.

Uma moradora do condomínio Bosque Verde, situado no bairro Teotônio Vilela, descreveu em vídeo momentos de angústia e humilhação juntamente com outras famílias, que foram alojadas no estádio Mário Pessoa, a mando do prefeito Jabes Ribeiro (PP). Vivendo em condições subumanas e até passando necessidades, uma mãe desesperada procurou a imprensa na tarde desta segunda-feira, 21, para relatar mais um engodo da administração municipal.

Segundo a mulher, o prefeito mentiu mais uma vez, ao garantir para os desalojados um aluguel social no valor de R$ 250,00 em troca da saída pacifica das residências, mas, na prática não foi isso que aconteceu. As famílias foram amontoadas dentro de um cubículo no Mário Pessoa, tratados como se fossem mendigos. Acompanhe o relato da senhora revoltada com a situação que está vivendo.


debenhams
anuncie whatsapp

ILHEUS TONELADAS DE LIXO SAO RECOLHIDOS NA OPERACAO CIDADE LIMPA

dezembro 2015
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


web